sábado, 11 de setembro de 2010

Roberto Cavalcanti admite que pesquisas são manipuladas

sábado, 11 de setembro de 2010

O senador Roberto Cavalcanti, dono do Sistema Correio de Comunicação, surpreendeu ao concordar, no Senado, que as pesquisas eleitorais têm sido manipuladas. A afirmação foi feita em aparte ao discurso do colega Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que classificou como "criminoso" e "preocupante" o objeto da denúncia feita pelo também senador Papaléo Paes (PSDB-AP). Segundo ele, um encarregado do Ibope teria oferecido a manipulação do resultado das pesquisas ao coordenador de campanha de um dos candidatos ao governo do Amapá. A fraude custaria R$ 1 milhão e abrangeria todas as pesquisas até o segundo turno. A oferta foi gravada.

- O senador Papaléo Paes ligou para o Dr. Montenegro, que é o dono do Ibope. O Dr. Montenegro disse que era uma empresa terceirizada que eles contratavam em Belém para fazer a pesquisa no Amapá. Essas pesquisas agora começam a me deixar, digamos assim, completamente incrédulo. Ora, se isso acontece no Amapá, o que não estará acontecendo, por exemplo, em Roraima? - questionou.

Mozarildo observou que em Roraima o Ibope também apresentou pesquisas "um pouco preocupantes". Ele lembrou que na campanha eleitoral de 2006, as pesquisas do Ibope sempre apresentavam sua adversária na frente. Somente às vésperas da eleição, ela apresentou uma leve vantagem sobre Mozarildo, que venceu a eleição com 13% de vantagem.

O senador disse que chegou à conclusão de que a pesquisa de Roraima é manipulada, pois, de repente, o atual governador, que sempre esteve atrás nas pesquisas, apareceu na penúltima pesquisa com empate numérico (41% a 41%) e na pesquisa mais recente, já aparece com 6 pontos à frente do adversário. Ele fez um apelo a Montenegro que dê explicações sobre o caso, porque as pesquisas têm uma influência muito grande sobre o eleitor indeciso.

O senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) disse que na Paraíba não é diferente. Para ele, o problema está na terceirização porque não existe co-responsabilidade e as discrepâncias só aumentam. Ele defendeu o aprimoramento da veracidade dos institutos de pesquisa. O senador Augusto Botelho (sem partido-RR) lembrou que, durante a campanha eleitoral, os seus eleitores reclamaram que o seu nome não aparecia nos formulários dos pesquisadores do Ibope.

Vespeiro

Mozarildo também reiterou denúncias feitas sobre o governador de Roraima, José de Anchieta Júnior, em relação a estradas, dívidas e o uso irregular do avião do governo do estado. Segundo o senador, o governador estaria utilizando o avião para viagens particulares de lazer. Ele disse que, nos próximos dias, apresentará uma lista completa dos vôos realizados pelo governador, fornecida pela Infraero, e pedirá uma investigação.

- O nosso estado está se transformando nesse esquema em que uma quadrilha quer dominar tudo, a política, alguns setores de empresas e, ao mesmo tempo, ameaçar quem ouse se contrapuser a ele. Coincidentemente, ontem o meu escritório recebeu dois telefonemas de pessoas, que não se identificaram, dizendo que eu me cuidasse, porque eu estava mexendo em um vespeiro - assinalou.

O senador solicitou ao Senado que lhe fornecesse o serviço de segurança durante a campanha eleitoral em Roraima.


Fonte: Agência Senado

Prefeito de Malta denuncia perseguição e diz que sofreu pressão para aderir ao atual governo

O prefeito do município de Malta, Ajácio Gomes Wanderley (PTB) e o ex-prefeito, Maurício Wanderley (PTB), recepcionaram Ricardo Coutinho e a comitiva da verdade, nessa sexta-feira (10). Em forma de carreata e lotando a praça da cidade, os moradores do município saíram de suas casas para declarar apoio ao futuro governador da Paraíba.

O prefeito lembrou que a prefeitura de Malta foi a primeira a apoiar a candidatura de Ricardo. "Nossa história com Ricardo é séria. Ainda em março, fomos a primeira prefeitura a dizer que estaríamos ao seu lado. Apesar de todas as pressões que sofremos para aderir ao atual governador, continuamos com firmeza e lealdade ao lado de Ricardo", ressaltou.

Por conta da opção política do prefeito, Malta está sofrendo retaliações do atual governante, segundo denunciou Ajácio Wanderley. "Nossa prefeitura está pagando o transporte dos alunos, que não estão perdendo aula porque temos a convicção que Ricardo será um governador do povo", declarou.

O ex-prefeito Maurício Wandreley conclamou o povo de Malta a votar em Ricardo. "O povo de Malta vai dar a vitória a este homem que fez da Capital uma das melhores cidades do Brasil. Nosso povo vai responder com a certeza de que Ricardo será o governador dessa Paraíba", completou.

Maurício ainda pediu as bençãos da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição. "Estamos em frente à igreja matriz, olhando para Nossa Senhora, pedindo a graça para que Ricardo receba dos paraibanos a confiança maior, a de ser governador da Paraíba, para governar com todos, para todos e sem perseguição", falou.


Fonte: PBAcontece, com Assessoria

Mulheres estudam mais que homens, segundo IBGE

As mulheres brasileiras estudam mais do que os homens. A revelação é feita pelos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada na quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados de 2009 confirmam a tendência mostrada em anos anteriores, mas a distância entre os sexos no quesito instrução aumentou.

Em 2008, os homens brasileiros com mais de 10 anos de idade declararam ter, em média, 6,9 anos de estudo. Número inferior ao ensino obrigatório brasileiro que, até 2009, era de nove anos e, até 2016, passará para 14 anos de estudo. As mulheres já superavam o patamar, estudando, em média, 7,2 anos ao longo da vida. Em 2009, a diferença de pontos percentuais aumentou de 0,3 para 0,4.

Segundo a PNAD, as mulheres brasileiras possuem 7,4 anos de estudo. A população adulta jovem é a que mais se sobressai. A população feminina com idade entre 20 e 24 anos estudou em média dez anos ao longo da vida. Já os homens na mesma faixa etária – a que declarou mais ter estudado – declararam média de 9,3 anos de estudo. A maior diferença está na região Nordeste em que as mulheres têm 6,4 anos de estudo e os homens, 5,6.


Da Redação com ParaíbaUrgente

População de Barra de Santa Rosa recebe Luiz Couto

Comerciantes e a população de Barra de Santa Rosa receberam de braços abertos o deputado federal Luiz Couto na tradicional feira livre da cidade, realizada as quintas-feiras. Os feirantes e freqüentadores da feira aproveitaram a ida do deputado para saldá-lo, fotografar, apertar a mão e abraçá-lo. Luiz Couto estava acompanhado por moradores, militantes e lideranças como o candidato a deputado estadual Marenilson Batista e o presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Adriano Leite. No percurso, os militantes cantavam o jingle, agitavam as bandeiras e distribuíam material gráfico.

Acompanhados por Marenilson e o vereador Adriano, Luiz Couto visitou também a sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais onde fez uma palestra para a juventude. A conversa com os jovens foi voltada para a construção de políticas públicas específicas para a categoria.

Em seguida, Luiz Couto fez uma visita ao Padre Edjamir. Na oportunidade, discutiram a viabilização de diversos projetos para a cidade de Barra de Santa Rosa, voltados para o fortalecimento da cultura local e da melhoria da qualidade de vida da população.


Da Redação com Assessoria

Polícia pode indiciar médico que feriu bebê com bisturi durante cesariana

O médico de 56 anos que fez um corte de 2 cm no bebê que morreu após nascer no dia 29 de agosto, no Hospital Municipal do Campo Limpo (zona sul de SP), pode ser indiciado por suspeita de lesão corporal culposa (sem intenção de ferir), com pena de reclusão de até um ano. Ele deverá prestar depoimento sobre o caso à polícia na semana que vem.

O laudo do Instituto Médico Legal concluiu que a causa da morte do bebê foi a falta de oxigênio no cérebro do recém-nascido, e não o corte de 2 cm nas costas, como se suspeitava anteriormente.

Segundo o delegado Gilberto de Castro Ferreira, do 37º DP, o médico, no momento da cesariana, no último corte na barriga da mãe, deixou que a passagem do bisturi atingisse a camada muscular do bebê. "A criança nasceu com vida. Não é possível que essa lesão seja aceitável", diz.


Da Redação com Agora

VIOLAÇÃO DE SIGILO: Procuração falsa também serviu para quebrar sigilo fiscal de genro de Serra

A delegacia da Receita Federal em Santo André sabia desde segunda, dia 6, que uma procuração falsa foi usada para quebrar o sigilo fiscal de Alexandre Bourgeois, genro do candidato a presidente José Serra (PSDB).

Mesmo assim, o Ministério da Fazenda não citou esse fato em nota divulgada na quarta-feira, dia 8, sobre acessos cadastrais feitos nos dados de Bourgeois numa agência de Mauá, em 2009.

A procuração falsa é assinada pelo filiado ao PT Antônio Carlos Atella, que usou um documento semelhante para acessar dados fiscais da filha de Serra, Veronica.

Ofício assinado ontem pela delegada da Receita Federal em Santo André, Heloísa de Castro, informa à Corregedoria da Receita que a procuração falsa foi entregue na segunda-feira, dia 6, à Polícia Federal.

Servidora

A Polícia Civil de São Paulo encontrou indícios de que uma servidora da agência da Receita em que o sigilo fiscal de tucanos foi quebrado estava tentando legalizar a situação de outros casos de aparente violação.

Ana Maria Cano, funcionária do fisco em Mauá, está sob investigação e sob suspeita de ter acessado a declaração de renda de Eduardo Jorge, vice-presidente do PSDB.

O marido da servidora, José Carlos Cano Larios, tem um escritório de contabilidade em Mauá, onde a polícia achou anteontem 23 procurações para acesso a dados fiscais.

O casal foi conduzido ontem à delegacia de Santo André (SP) para prestar esclarecimentos.


Da Redação com Folha

INSS vai pagar revisão do teto para 1 milhão de segurados

O INSS vai pagar revisão a 1 milhão de aposentados e pensionistas que tiveram o benefício limitado pelo teto na hora da concessão entre julho de 1988 e dezembro de 2003. Também serão pagos os atrasados (o que não foi recebido nos últimos cinco anos).

O STF (Supremo Tribunal Federal) concedeu o direito à revisão na última quarta-feira. Com a decisão, que deverá ser seguida por todos os tribunais, a AGU (Advocacia-Geral da União), órgão que defende o governo, afirmou ontem que o Ministério da Previdência pagará a revisão no posto para todos os beneficiados.

De acordo com o procurador Marcelo Siqueira, o Supremo também definiu que não há prazo para pedir essa revisão. Por isso, todos os pedidos deverão ser aceitos nos postos.


Da Redação com Agora

Comerciantes do Mercado Central queixam-se a Zé Maranhão das altas taxas cobradas pela Prefeitura


O governador Zé Maranhão, candidato à reeleição pela Coligação Paraíba Unida, visitou na manhã dessa sexta-feira (10) o Mercado Central de João Pessoa. Zé estava acompanhado do candidato a vice, Rodrigues Soares (PT), e do postulante ao Senado, Wilson Santiago (PMDB).

Maranhão foi recebido calorosamente pelos comerciantes do mercado que contaram ao governador a real situação em que se encontram no que diz respeito ao pagamento das taxas cobradas pela prefeitura municipal.

Foi o caso de Rosineide Santana, comerciante há oito anos no Mercado Central, que reclamou das altas taxas cobradas pelo box que ocupa no local. “A gente reclama não é pagar não, é condições de pagar, o banco cobra um absurdo de juros. Outra coisa, eles dizem que não têm outras taxas, mas no mês de março e de agosto são cobrados mais R$ 23,00 de taxa extra e a gente tem que pagar, reclamou a feirante.

Rosineide disse ainda que no box de três metros quadrados o valor cobrado é de R$ 60,00 por mês. “O que acontece também é que o prefeito vai pra televisão dizer que doou pra gente, como se até a carência a gente pagou? Nós estamos revoltados, é uma revolta geral aqui no mercado”, enfatizou.

Ao longo da visita ao Mercado Central, Zé Maranhão também ouviu reivindicações, como a de Antônio Mariano, morador de Bayeux que estava fazendo compras no mercado. “Eu conversei com Zé Maranhão sobre a duplicação da Avenida Liberdade. E o governador me disse que a obra já está para começar. Fico feliz que a duplicação seja feita na avenida, nós que moramos lá sabemos como é importante a obra. Eu confio nele, por isso, meu voto é de Zé Maranhão”, afirmou.

Já Maria de Souza, de 64 anos, e que há mais de 20 anos trabalha no mercado, ficou emocionada com a visita do governador e por ter conversado com ele. “Eu amo Zé de coração e fiquei emocionada com ele aqui no meu local de trabalho. Sempre votei nele e não é agora que vou deixar na mão. Com certeza, meu voto é de Zé”, comemorou.


Da Redação com Assessoria

MARI: Marcos Martins reúne público, justifica mudança e avisa: "Estou apenas começando a campanha de Ricardo em Mari"


A tarde de ontem (10), foi decisiva para esclarecer o posicionamento político do Ex-Prefeito Marcos Martins, que após um verdadeiro "vai e vem", estava recluso mantendo conversas com amigos e aliados sobre seu posicionamento político.

Um trio usado no trabalho de campanha de Ricardo Coutinho na cidade, percorreu algumas ruas convidando para uma reunião no final da tarde no bairro Chico Faustino e anunciava a presença do Ex-Prefeito Marcos Martins, do atual Vice-Prefeito Jobson e outras lideranças da cidade que também apóiam o projeto político do candidato do PSB. Um fato observado é que à medida que o carro passava pelas ruas, o público formava um arrastão e seguia em direção ao local da reunião. Era notável, claramente, a presença de pessoas da cidade que ainda não tinham manifestado qualquer posicionamento político, o que aparenta que estavam apenas aguardando a decisão do Ex-Prefeito.


A JUSTIFICATIVA

Justificando o conhecido "vai e vem", Marcos Martins disse que resolveu apoiar Ricardo Coutinho por ser o melhor projeto para a Paraíba e para a cidade de Mari, ressaltando que o povo não aceitaria ou entenderia sua presença no mesmo lado político de Adinaldo e Vera Pontes. O Ex-Prefeito deixou claro que não tem problemas pessoais com os dois adversários políticos na cidade, porém, afirmou que possui uma ideologia diferente e que corresponda à vontade do povo e por isso não juntaria forças a um grupo que não pensa no coletivo.

Ainda em sua fala, o Ex-Prefeito garantiu que sempre estará ao lado do povo da cidade e foi enfático ao dizer que jamais se venderia como muitos falaram e por isso escolheu o lado do povo. "Estou apenas começando a campanha de Ricardo em Mari" - disse o Ex-Prefeito, mostrando que a decisão é definitiva.


A FALA DO VICE-PREFEITO JOBSON

O destaque da tarde ficou para o Vice-Prefeito de Mari, José Jobson, que não poupou críticas à autoridades que trocaram apoio político por empregos e foi enfático ao dizer: "Não se deixem enganar. Votar em Zé Maranhão é garantir o salário da mulher do Prefeito que recebe do Estado" - disse, fazendo alusão aos empregos no Governo do Estado, recebidos pela esposa e filho do Prefeito Antonio Gomes.

O Vice-Prefeito foi mais adiante e falou que os funcionários públicos que são aliados de Marcos Martins, têm sido tratados com apatia e humilhações pelos aliados do atual Prefeito e isso não era justo, disse Jobson em tom de indignação.

A reunião impressionou as lideranças pela presença de público e pelo acolhimento das pessoas do bairro à Marcos Martins e seus aliados. Inclusive, o Ex-Prefeito adentrou algumas casas e cumprimentou pessoalmente os moradores do bairro.

Ao final do evento, ficou a impressão de que o Ex-Prefeito e seus aliados reservam cartas na manga para tentar mudar o quadro político na cidade.


Da Redação do Mari Fuxico, com informações da Assessoria

MARI: Adinaldo Pontes grava mensagem e coloca carro na rua convocando eleitores à votarem em seus candidatos


O Ex-Prefeito de Mari, Adinaldo Pontes, no início da tarde de hoje, colocou um carro de som na rua com uma mensagem gravada por ele mesmo, onde os eleitores da cidade são convocados a votarem em seus candidatos.

Liderança inegável e aliado antigo de José Maranhão na cidade, Adinaldo e sua esposa, a também Ex-Prefeita Vera Pontes, apóiam para Deputado Estadual, o candidato Tião Gomes e para Federal, Benjamim Maranhão.

Adinaldo defende a tese de que "o verdadeiro apoio a Dilma e José Maranhão, tem vindo de seu grupo e isso garantirá que seus pleitos em prol da cidade sejam atendidos" - disse uma fonte próxima do Ex-Prefeito, afirmando ainda que "de forma alguma, o povo se enganará com os falsos apoios de quem vivia esculhambando com o Governador e seus aliados".

É visto na cidade que o grupo de Adinaldo tem se empenhado na campanha de seus candidatos e não tem mostrado reação diferente, mesmo após as alterações no quadro político entre seus adversários.


Da Redação do Mari Fuxico

Fique de olho!: MP pode exonerar contratados do Governo da Paraíba após eleições

Segundo o Jornalista, informações que circulam dentro do Ministério Público dão conta de que já se prepara um processo para exigir que o governo do Estado exonere servidores não efetivos e contrate apenas concursados, nos mesmos moldes da cobrança dirigida pelo procurador-geral de Justiça do Estado, Oswaldo Trigueiro, às prefeituras paraibanas.

Mas tal ação só aconteceria após as eleições de 2010. Ou seja, depois que as urnas forem abertas proclamando o resultado é que o MP, usando do mesmo texto para com as prefeituras, iniciaria a cobrança junto ao governo do Estado, dono do contracheque de 36 mil servidores não efetivos, que está com a folha de pessoal estourada em mais de 52% em relação à receita corrente líquida.

O jornalista considerou que esta é uma informação grave. “Que merece atenção.” Escreveu Luiz Torres. “Ficarei muito surpreso se ela vier a acontecer depois do processo eleitoral.” Encerrou o jornalista em seu artigo.



Fonte: Nordeste1 com blog do Luís Tôrres

REMÍGIO-PB: Banco foi assaltado nessa sexta-feira

Quatro homens armados com revólveres invadiram e assaltaram uma agência do Banco do Brasil na cidade de Remígio, no Curimataú paraibano.

Os bandidos chegaram ao local em duas motos, entraram no banco, renderam dois vigilantes e anunciaram o roubo.

Para intimidar os funcionários e seguranças, os ladrões chegaram a quebrar as portas de vidro utilizando capacetes.

No momento do assalto, 10 clientes estavam dentro da agência e foram obrigados a deitarem no chão, enquanto os bandidos recolhiam os objetos das vítimas.

Durante toda a ação, uma funcionária do banco foi feita de refém e ficou sob a mira de um revólver enquanto o gerente e um dos caixas foram obrigados a entregar dois malotes com o dinheiro.


Da Redação com portalcorreio

Prefeitas de Pombal e São Miguel de Taipu declaram apoio a Luiz Couto

A prefeita de Pombal, Pollyana Feitosa(PT), declarou voto e apoio à reeleição do deputado federal Luiz Couto(PT) publicamente, no último final de semana, quando a população pode ouvir da própria prefeita a declaração de voto na feira da cidade. A assessoria de Luiz Couto já amarrou um dia inteiro de atividades do candidato com a prefeita para a segunda quinzena de setembro. Na programação consta uma caminhada para distribuição de material de campanha, uma carreata e um comício visando a região polarizada por Pombal.

Luiz Couto teve uma agenda intensa nas regiões do Curimataú e Sertão no último final de semana. Ele participou de reuniões, carreatas e caminhadas pelos municípios de Maturéia, Arara, Imaculada, Água Branca, Juru, Tavares, São José de Princesa, Manaíra e Princesa Isabel, onde foi recebido por aliados ligados ao médico Ítalo Kumamoto, que desenvolve trabalho social no interior e na Capital.

A programação foi encerrada com um comício em São Miguel de Taipu, onde a prefeita Marcilene Sales(PT), também, declarou total apoio à reeleição de Luiz Couto.


Da Redação com Assessoria

CAIÇARA-PB: Criança é vítima de estupro; Acusado está preso em Guarabira

Heraldo Rodrigues dos Santos, 19 anos, agricultor, residente na Rua Vereador Francisco Elias, n°212, Cuitegi-PB, estava no Colégio Municipal Hilda Neves, localizado na cidade de Cuitegi, praticando atos libidinosos com a vítima J.A.S, 11 anos, estudante, residente na Rua João Alexandre de Araújo, n°33, na mesma cidade.

A criança apresenta sinais de transtornos mentais. A guarnição localizou o acusado e deu voz de prisão, foi quando ele resistiu sendo necessário o uso da força física para conte-lo. Preso, o acusado foi conduzido à delegacia de Guarabira, ficando à disposição da autoridade competente para os procedimentos em que o caso requer.

Houve tumulto em frente a Delegacia no momento da transferência do acusado da DP de Cuitegi para Guarabira-PB.


Da Redação com nordeste1

11 de Setembro: Tributo de luz marca local das Torres Gêmeas em Nova York

Um dia antes de os atentados do 11 de Setembro ao World Trade Center, em Nova York, completarem nove anos, um tributo de luz brilhou em direção ao céu a partir do Marco Zero, onde estavam erguidas as Torres Gêmeas, símbolos dos Estados Unidos. Os raios de luz puderam ser vistos de muito longe em Manhattan.

Desde os atentados assumidos pela rede terrorista chefiada por Osama Bin Laden, os americanos passaram a conviver com medos e inseguranças. O terrorista não foi capturado pelo exército americano mesmo com fortes planos de busca.

Há ainda quem afirme que os atentados de 11 de Setembro não passaram de um plano de guerra e demonstração de poder do próprio país Norte-americano, isso porque após o ocorrido as forças armadas dos EUA realiziram grandes investidas e tomaram o controle do Iraque.


Da Redação com G1

Ex-prefeito, suplente complica senador Efraim Morais, candidato à reeleição

A candidatura à reeleição do senador Efraim Morais (DEM-PB) está pendurada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devido à pendência de um de seus suplentes. A corte deve analisar nos próximos dias o pedido de impugnação do primeiro suplente do parlamentar, que foi enquadrado nos critérios da Lei da Ficha Limpa. Carlos Antônio Araújo de Oliveira (DEM) teve suas contas rejeitadas quando era prefeito de Cajazeiras (PB). Se o TSE rejeitar a candidatura do ex-prefeito, o DEM da Paraíba terá que encontrar um substituto às pressas para pôr no lugar de Carlos Antônio e manter a candidatura de Efraim ao Senado.

O Ministério Público Eleitoral da Paraíba (MPE-PB) pediu o indeferimento da candidatura do primeiro suplente de Efraim alegando que Carlos Antônio teve as contas rejeitadas pela Câmara Municipal porque realizou despesas com dinheiro público sem abrir licitação para os gastos. Mesmo assim, as contas do candidato a suplente foram aprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba. Apesar dos indícios de irregularidade apresentados pelo MPE-PB, o Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-PB) decidiu aprovar a candidatura do suplente. O Ministério Público, entretanto, recorreu ao TSE alegando que o ex-prefeito não demonstrou as “circunstâncias excepcionais que o levaram a não atender o comando legal” e que o Tribunal de Contas e o TRE-PB ignoraram as irregularidades na gestão do candidato a primeiro suplente de Efraim. Carlos Antônio alega que o Ministério Público Eleitoral não demonstrou que suas contas foram rejeitadas pela Câmara Municipal de Cajazeiras.

O processo de registro eleitoral envolvendo a candidatura de Efraim foi marcado por pendências. O segundo suplente do senador candidato à reeleição, Ramalho Leite (PPS), titubeou antes de fechar com a chapa do parlamentar do DEM, temendo que as denúncias de utilização irregular de dinheiro público no gabinete do senador pudessem atingir sua imagem. A candidatura de Ramalho também foi submetida ao TRE-PB, que apurou irregularidade em seu registro de filiação partidária.

Entre esses problemas, as denúncias que deram origem ao inquérito em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF) que apura a existência de um esquema de contratação de funcionários fantasmas no gabinete de Efraim desarticularam a candidatura do parlamentar.

Finanças

O escândalo também afetou as finanças da campanha de reeleição do senador. Na Paraíba, Efraim é o candidato com menor arrecadação, até agora, entre os principais adversários. O parlamentar declarou receitas de R$ 217 mil, mas não conseguiu nenhuma doação de empresas. De acordo com a prestação de contas ao TSE, desse montante, R$ 185 mil vieram do próprio bolso de Efraim. Os maiores gastos dele foram com material impresso de campanha e contratação de instituto de pesquisa.

Atualmente, o senador do DEM está em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de votos para o Senado na Paraíba, atrás do deputado federal Vital Filho (PMDB). O ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) lidera as pesquisas, apesar de ter o registro rejeitado, pois foi enquadrado pela Lei da Ficha Limpa. Apesar de responder a dois inquéritos no STF, Efraim não tem condenação transitada em julgado e não foi considerado ficha suja pelo TRE da Paraíba.


Da Redação com Correio Braziliense

Tempo médio de votação em 2010 será de 1 minuto e 30 segundos

Baseado em informações das últimas eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) calcula que o eleitor brasileiro levará, em média, 1 minuto e 30 segundos para votar no próximo dia 3 de outubro.

Na última eleição realizada pelo TSE, em 2008, os brasileiros elegeram prefeitos e vereadores nos 5.563 municípios do país. Para votar em dois cargos, os eleitores gastaram, em média, 31 segundos. Esse tempo é calculado a partir do momento que o eleitor se dirige a urna até o momento que ele confirma o voto no segundo cargo.

Já o tempo médio de atendimento foi de 39 segundos. Esse tempo é contado a partir da digitação do número do título do eleitor por parte do mesário até a confirmação do voto no segundo cargo.

Em 2010, os eleitores escolherão representantes políticos para seis cargos: deputado estadual ou distrital; deputado federal; senador 1, senador 2, governador e presidente da República. Por isso, a expectativa é de que cada eleitor gaste um tempo maior para digitar seus votos na urna.

Cola

Para facilitar o procedimento no dia da votação, a Justiça Eleitoral incentiva os eleitores a levarem o número de seus candidatos anotados em um papel, a chamada cola eleitoral.

O próprio presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, já afirmou que irá utilizar a cola no dia da eleição, pois além de facilitar na hora de digitar os números na urna, também vai tornar a votação mais ágil.

A campanha de esclarecimento ao eleitor irá veicular, no rádio e na televisão, informações específicas sobre os procedimentos de votação para que o eleitor chegue bem informado no momento de depositar seu voto na urna.


Da Redação com TSE

Fiscais paraibanos denunciados por corrupção têm pena reduzida

Quatro fiscais da Fazenda Estadual da Paraíba, que tiveram apenas as iniciais dos nomes reveladas (A.P.A, J.C.e S.N, M.A.M. de S. e J.R.D.F.), tiveram reduzida a pena de condenação imposta pela primeira instância da Justiça Federal da Paraíba. Os servidores são acusados de receber propina para deixar de arrecadar tributos no ano de 2003. A 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), julgando apelação criminal interposta pelos acusados, na quinta-feira (9), fixou a pena mínima em quatro anos e oito meses de reclusão, mais multa.

A Operação Catuaba, realizada na Paraíba, em 2003, por policiais federais, auditores da Receita Federal e Ministério Público Federal, apreendeu grande quantidade de bebidas com selos falsificados de Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) pertencentes à empresa Engarrafamento Coroa Ltda, sediada em Patos (PB). A constatação desencadeou uma grande investigação que resultou na investigação de fiscais, empresários, policiais e empregados da empresa.

O Ministério Público denunciou D. dos S. M., proprietário da Coroa (condenado a 42 anos, 5 meses e 20 dias de reclusão e pena de multa de R$ 979 mil), seu filho R. M. B. M. (condenado a 38 anos, 6 meses, 45 dias e pena de multa de R$ 524 mil) e sua esposa M.M.B.M. (condenada à prisão por 32 anos, 3 meses e pena de multa de R$ 532 mil) por chefiarem uma organização criminosa, responsável pelos crimes de sonegação fiscal, corrupção de agentes públicos, falsificação de selos e lavagem de dinheiro.

Os sócios da empresa são acusados de formação do esquema que iniciava com a abertura de empresas de fachada nos setores comercial, industrial, financeiro, agropecuário, de transportes e serviços, com intuito de sonegação de impostos.

A defesa dos fiscais alegou falta de provas do recebimento dos valores, mas os autos foram instruídos com ampla prova material e testemunhal, fruto do cruzamento de informações, através de interceptações telefônicas. A investigação descobriu depósitos bancários efetuados nas contas dos acusados e movimentação financeira incompatível com os rendimentos. A 1ª Turma, por maioria, resolveu reduzir a pena dos acusados de 7 anos e 8 meses, que entendeu excessiva, para 4 anos e 8 meses.


Da Redação com Ascom do TRF5

Governo define novas regras para aumentar segurança em Concursos Públicos

O Ministério do Planejamento informou ontem (10) que começará a implementar, nos próximos dias, medidas para aumentar a segurança nos concursos públicos da administração federal. As novas regras são resultado do esforço de um grupo de trabalho formado por iniciativa do ministério após realização da Operação Tormenta, em 16 de junho, que deteve 12 pessoas suspeitas de liderar fraudes em concursos públicos no país. A quadrilha envolvida no caso atuava havia pelo menos 16 anos na violação de provas e cobrava até US$ 150 mil por gabaritos.

Também serão enviadas propostas ao Congresso Nacional para tornar crime a fraude em concurso público e propor a regulamentação da identificação papiloscópica (impressão digital) do candidato.

Prazo maior entre anúncio e prova

As soluções que independem do Congresso esbarram na preparação de atos normativos pelas Secretarias do Ministério do Planejamento. De acordo com o governo, essas medidas dizem respeito a todas as etapas de um concurso público. São elas: autorização, contratação da entidade responsável, realização do concurso, homologação do resultado e provimento (preenchimento das vagas) dos candidatos aprovados.

A primeira medida é fixar, por meio de alteração no decreto 6.944/09, um prazo maior entre a publicação do edital de concurso e a data de realização de prova, atualmente de 60 dias. O objetivo é melhorar a divulgação das seleções públicas e dar mais tempo para os candidatos se prepararem.

O Ministério do Planejamento também informou que será editada uma instrução normativa com orientações para órgãos e entidades sobre procedimentos e critérios a serem seguidos na contratação da instituição organizadora.

"A medida representaria mais rigor aos contratos administrativos, com atenção para os cuidados relacionados à elaboração dos mesmos; identificação dos responsáveis no âmbito dos órgãos e das instituições contratadas; exigência de fiscais designados para acompanhar os contratos em todas as etapas de implementação, entre outros aspectos", informou o governo.

Segurança no manuseio da prova

Outra novidade, informou o governo, é fazer constar em cláusulas contratuais exigências como a de treinamento de todos os envolvidos na realização do concurso público, do uso de equipamentos de segurança (câmeras de monitoramento, detectores de metal), de identificação das pessoas envolvidas no manuseio das provas, principalmente dos responsáveis pela guarda dos cadernos dos exames nos dias que antecedem o concurso, evitando a subcontratação para essa finalidade.

Segundo o Ministério do Planejamento, também haverá uma instrução normativa com orientações sobre a necessidade de prever no edital número mínimo de questões, de incluir questões subjetivas (redação) e, além disso, de constar no edital a possibilidade de eliminação quando constatada a fraude.

Outra regra consiste na orientação para que seja feita a inclusão de análise estatística para identificação de "indícios de irregularidades" nos concursos, para que seja proibida a saída dos cadernos de provas antes dos 15 minutos finais do período previsto e para que seja formada uma "equipe de inteligência" para monitoramento e avaliação dos concursos.

Rigor na identificação

O governo também quer que seja feita uma apuração mais rigorosa da identificação dos aprovados e da documentação apresentada. "A medida incluiria exigência de assinatura de declaração de veracidade das informações prestadas e verificação dos documentos no ato da posse", informou.

O Ministério do Planejamento informou que também será instituída uma câmara técnica para acompanhar os concursos públicos, formada por integrantes do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Controladoria Geral da União, Advocacia Geral da União, Tribunal de Contas da União, do Ministério Público e de órgãos do Poder Executivo Federal, supervisores de carreiras e cargos alvos do interesse maior dos fraudadores como Receita Federal do Brasil, Polícia Federal, Agências Reguladoras, Instituto Nacional do Seguro Social, entre outros.


Fonte: G1

Presidente do PT reafirma: palanque de Lula-Dilma na Paraíba é de Zé Maranhão


O time de Zé Maranhão, Rodrigo Soares, Vitalzinho e Wilson Santiago recebeu um reforço de peso para os “embates” da Onda Vermelha neste fim de semana: o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra (foto), que chegou à Paraíba no início da tarde de ontem (10). Ainda no Aeroporto Castro Pinto, Dutra confirmou o que Lula foi categórico: “Na Paraíba, o palanque do presidente Lula (PT) e da candidata à presidência, Dilma Rousseff (PT), é de Zé Maranhão”, disse.

“O Partido dos Trabalhadores de forma coerente e majoritária decidiu que José Maranhão (PMDB) e Rodrigo Soares (PT) são as melhores opções para o Governo da Paraíba”, completou o presidente do PT e coordenador nacional da campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT).

José Eduardo Dutra lembra que o PT paraibano é aliado de José Maranhão desde 2002 e que desde a eleição de 2006 ocupa a vaga de vice-governador na chapa majoritária encabeçada pelo PMDB. “O PT já é governo e já ocupa o cargo de vice-governador. E repetimos esta aliança agora em 2010 para mantermos os espaços que já conquistamos”, enfatiza o dirigente petista, que nesta sexta participa de eventos de campanha em João Pessoa e em Campina Grande.

Dutra refutou qualquer boato de que Dilma e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estariam em dois palanques na Paraíba. “Dilma e Lula só têm um candidato no Estado, que é o atual governador José Maranhão. Isto já está definido desde a convenção do PT paraibano, quando confirmamos Rodrigo Soares como o candidato a vice-governador”, destaca.

O governador José Maranhão destacou a influência de José Eduardo Dutra e lembrou o fato do PT está na chapa do PMDB desde o início do processo eleitoral. Para ele, nunca existiu dúvidas do apoio de Dilma e de Lula a sua candidatura. “Dutra não veio hoje para declarar apoio a nossa candidatura. Isto já está definido há vários meses. Ele veio ao Estado para usar a sua influência como presidente do PT para dar uma força extra ao nosso projeto eleitoral”, concluiu.

Já ao ser questionado sobre o fato do segundo colocado nas disputas estaduais também pedir voto a Dilma, ele usa do bom humor. “Não somos de recusar votos. Qualquer pessoa pode votar em Dilma se quiser. Até mesmo o tucano José Serra, se decidir rever sua posição e desistir de sua candidatura. Mas temos nossos aliados e na Paraíba ele se chama José Maranhão”, repete.

Sobre Dilma e Lula ainda não terem vindo à Paraíba, Dutra negou qualquer tipo de descaso e culpou unicamente as dificuldades em cobrir todo o território de um país continental como o Brasil. Mas, ponderou que até o final da campanha ainda vai tentar encontrar brechas na agenda da candidata e do presidente. “São muitos os estados brasileiros que eles ainda não visitaram. Mas vamos tentar fazer isto até o final da campanha”, resumiu.

Por fim, o presidente do PT falou da importância de se eleger os demais integrantes da chapa situacionista: “Precisamos também fortalecer as candidaturas de Vital Filho e Wilson Santiago (ambos do PMDB), que disputam vagas no Senado, e de nossos candidatos proporcionais, para assim ajudar na governabilidade de Dilma e Maranhão”.

Ao lado de Dutra, o deputado estadual Rodrigo Soares destacou a necessidade de intensificar a campanha nestas últimas semanas antes do primeiro turno e disse que os militantes do PT vão às ruas levar as ideias de Dilma e de José Maranhão. “As pesquisas nos mostram com uma larga vantagem, mas não podemos relaxar. Temos que intensificar a campanha até o último dia”, frisou.


Fonte: Assessoria

O conteúdo deste Blog é protegido. A cópia do conteúdo está autorizada desde que seja citada a fonte. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.