sexta-feira, 10 de agosto de 2012

SAPÉ: Agevisa permite reabertura de Hospital Regional e faz indicação a prêmio

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

SAPÉ: Agevisa permite reabertura de Hospital Regional e faz indicação a prêmioApós a inspeção e aprovação da Agência de Vigilância Sanitária (Agevisa), o Hospital Regional Dr. Sá Andrade reabriu suas portas para a população na cidade de Sapé-PB, na tarde desta quinta-feira (09).

A diretora do Hospital, Claudete Tavares, falou a reportagem sobre as novas mudanças feitas no prédio, a exemplo dos equipamentos, colchões, lençóis e cozinha renovados, assim como a reforma no bloco cirúrgico e na aquisição de novos profissionais como assistentes sociais e psicólogos, disponíveis 24 horas.

O grau de satisfação da Vigilância Sanitária foi positivo a ponto de indicar o Hospital para concorrer ao Prêmio ‘Selo Verde de Qualidade', que premia anualmente as empresas prestadoras de serviços e beneficiadoras de produtos relacionados à saúde, que atendam as normas legais e reguladoras da Vigilância Sanitária Estadual.

Confira abaixo, algumas imagens das novas aquisições do Hospital:

Hospital Regional Dr. Sá AndradeHospital Regional de SapéHospital Sá Andrade






Da Redação com nordeste1

Google dificulta ainda mais a pesquisa de conteúdo pirata

Google dificulta ainda mais a pesquisa de conteúdo pirataEm mais uma medida para dificultar a pesquisa de conteúdo protegido por direitos autorais, o Google anunciou nesta sexta-feira (10/8) que promoverá mudanças no seu algoritmo de busca, criando um sistema que prejudica o site infrator ao diminuir sua posição nos resultados da pesquisa.

Cada vez que for identificada uma retirada de conteúdo por causa de direitos autorais, o site que o postou perderá alguns pontos.

A empresa norte-americana diz ter decidido pela nova regra para valorizar as fontes legais de obras culturais, que agora terão destaque no rankeamento, enquanto diminui os acessos aos sites ilegais.

Já há algum tempo, ficou mais difícil usar o Google para achar conteúdo pirata, com o mecanismo de busca tendo sido obrigado pela justiça de alguns países a bloquear termos populares como 'torrent', 'Rapidshare' ou 'Megaupload'.

O Google afirma ter cortado 4,3 milhões de endereços nos últimos 30 dias, apenas por motivos relacionados aos direitos autorais.





Da Redação com 'Olhar Digital'

Dilma diz que país enfrenta crise 'assegurando empregos'

Dilma diz que país enfrenta crise 'assegurando empregos'A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (10) que o Brasil vai enfrentar a crise econômica mundial assegurando o emprego da população. "Nós hoje estamos enfrentando uma crise no mundo. O Brasil sabe que vai superar, porque temos os pés no chão. O Brasil sabe que ele vai enfrentar a crise e passar por cima dela, assegurando emprego para todos os brasileiros", disse a presidente.

Dilma esteve em Rio Pardo de Minas, no norte de Minas Gerais, onde anunciou ampliação do programa federal "Brasil Sorridente", que garante assistência odontológica para a população carente.

Dilma ainda enfatizou que o governo vai se dedicar a garantir o emprego de quem não tem estabilidade. "O que o meu governo vai fazer é assegurar empregos para a parte da população mais frágil, que não tem direito à estabilidade, que sofre porque muitas vezes esteve desempregado. Queremos todos os brasileiros empregados, ganhando salário e recebendo serviços públicos de qualidade", disse.

Professores de universidades federais de Minas e estudantes universitários aproveitaram a passagem de Dilma pela cidade para fazer uma manifestação pela reabertura das negociações do governo federal com a categoria dos professores federais, que está em greve.

Diversos setores do funcionalismo federal estão em greve. Nessa quinta-feira (9), o Ministério do Planejamento anunciou que vai receber os sindicatos representantes dos grevistas entre os dias 13 e 27 de agosto, para uma rodada de negociações. Termina no dia 31 de agosto o prazo para incluir reajustes com pessoal no Projeto de Lei Orçamentária.

O governo já fez as contas do impacto causado ao orçamento do país caso as reinvindicações de todas as categorias de todos os poderes fossem atendidas – incluindo aumento salarial e reestruturação de carreiras. Segundo cálculos do Planejamento, o gasto adicional na folha de pagamento seria de R$ 92,2 bilhões, o que equivale a 2% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) do país.






Da Redação com g1

No RN: Homem é detido após 'estuprar' uma jumenta; O animal morreu; Veja fotos

No RN: Homem é detido após 'estuprar' uma jumenta; O animal morreu; Veja fotosO caso bizarro, ao mesmo tempo em que, revoltante, foi registrado pela polícia na terça-feira (07) no sítio relâmpago, no município de Montanhas-RN.

De acordo com informações repassadas pela polícia militar do município de Montanhas, por volta das 08h00 da terça-feira (07) o homem conhecido como Aldo, foi até o destacamento policial da cidade, para informar que havia encontrado seu animal (jumenta), morto com sinais de violência (foto abaixo).

No RN: Homem é detido após 'estuprar' uma jumenta; O animal morreu; Veja fotosA polícia saiu em diligências e descobriu, através de um vizinho do proprietário do animal que, durante a madrugada um homem embriagado havia pedido hospedagem na sua residência e que, logo cedo, saiu em atitudes suspeitas. A polícia localizou o suspeito, identificado como, Evangelista Torres de Medeiros, de pouco mais de 35 anos de idade, e o conduziu para a delegacia onde confessou ter mantido relação sexual com o animal, inclusive detalhando que chegou ao orgasmo, mas disse não lembrar de ter matado o animal, pois estava embriagado.

O acusado foi conduzido para 6º DRPC para providencias cabíveis; foi ouvido e em seguida liberado para responder em liberdade um T.C.O.






Da Redação com blog do Mago

Professores da UFPB rejeitam mais uma proposta do Governo e continuam em greve

Professores da UFPB rejeitam mais uma proposta do Governo e continuam em greve

Os professores da Universidade Federal da Paraíba decidiram, em assembleia realizada nesta sexta-feira (10), manter a greve da categoria, iniciada no dia 17 de maio. A reunião aconteceu no auditório da reitoria. A continuidade da greve foi aprovada por ampla maioria, com apenas 4 votos contrários e 1 abstenção.

Na próxima segunda-feira (13), representantes do Comando Local de Greve reúnem-se com o reitor Rômulo Polari, às 16h, na Reitoria, para pedir o apoio dele ao movimento. Os docentes esperam que Polari possa seguir o exemplo de outros reitores do País que estão cobrando do governo a retomada das negociações com os professores.

É o caso do reitor da UFCG (Universidade Federal de Campina Grande), Thompson Mariz, que divulgou nota reafirmando serem justas as reivindicações dos professores e conclamando os ministérios da Educação e do Planejamento a reabrirem o diálogo.

Nesta quinta-feira (9), os docentes da UFPB participaram do ato público unificado dos servidores federais no Centro da Capital. A atividade reuniu cerca de 250 pessoas, que usaram faixas, cartazes, apitos e carro de som para chamar a atenção da população para o descaso do governo federal com os funcionários em greve.

O protesto teve concentração na Praça João Pessoa, às 9h, e seguiu em marcha até o Parque Solon de Lucena. Participaram os professores e servidores técnico-administrativos da UFPB, da UFCG e do IFPB, além de servidores da Funasa, do IBGE, do Ministério da Saúde e outras categorias em greve.

De acordo com análise do Comando Nacional de Greve, a proposta do governo federal sequer recompõe as perdas inflacionárias dos salários de grande parte da categoria. Os valores nominais contidos na tabela tomam como base os salários de julho de 2010 e projeta, também em valores nominais, o que seria o resultado em 2015, omitindo toda a corrosão inflacionária do período, superior a 35%, de acordo com os cálculos do Comando, tomando como referência o ICV/Dieese, e uma projeção futura com base na média dos últimos 30 meses.

Desta forma, são cinco anos de inflação que foram desconsiderados pelos ministros Miriam Belchior e Aloizio Mercadante ao noticiar em entrevista coletiva, na sexta (13), que os docentes teriam até 45,1 % de reajuste.

Além disso, o reajuste inclui os 4% do acordo assinado em agosto de 2011, que só foi cumprido, após forte pressão do movimento, em maio de 2012, retroativo a março deste ano.

Para algumas classes, justamente onde está concentrado um grande número de docentes, há redução de até 8% do valor real da remuneração, como é o caso do professor mestre adjunto 4/DIV4 e do professor doutor associado 1/DV1, ambos em regime de dedicação exclusiva (DE). A proposta apresenta apenas pequeno ganho real para a classe de professor titular, topo da carreira, que hoje representa menos de 10% da categoria.






Da Redação com correio

Carpinteiro é assassinado a tiros dentro de casa em Cabedelo-PB

Carpinteiro é assassinado a tiros dentro de casa em Cabedelo-PBO carpinteiro, Neilton José da Cruz, 28, foi assassinado a tiros por volta das 17h30 desta sexta-feira (10) com vários tiros. O crime aconteceu na comunidade Vila Feliz, em Cabedelo-PB.

De acordo com o delegado Ademir Fernandes, da 7ª Delegacia Distrital, a vítima estava voltando do trabalho quando foi abordado por homens desconhecidos que o perseguiram até a sua residência e efetuaram os disparos.

A mulher da vítima informou a polícia que o carpinteiro não tinha inimigos e nem passagem pela polícia. Como ele morava sozinho, não houve testemunhas e o delegado ainda vai buscar uma linha de investigação.







Da Redação com correio

IBOPE revela: Maranhão e Cícero lideram pesquisa, mas também têm maior índice de rejeição

IBOPE revela: Maranhão e Cícero lideram pesquisa, mas também têm maior índice de rejeiçãoFoi divulgada no início da noite desta sexta (10) em um canal de TV da Capital, a pesquisa de intenção de votos para prefeito de João Pessoa realizada pelo instituto IBOPE e a disputa continua acirrada entre José Maranhão (PMDB) e Cícero Lucena (PSDB).

A consulta realizada pelo instituto IBOPE no período de 7 a 9 de agosto com um total de 602 entrevistados apontou o ex-governador José Maranhão com 27% dos votos, seguido de perto pelo senador tucano Cícero Lucena com 26%. EM terceiro lugar aparece o deputado Luciano Cartaxo (PT) com 14% e em seguida a candidata do PSB, Estela, com 9% em último lugar aparece Lourdes Sarmento do PCO com 1% das intenções de voto. Renan Palmeira (PSOL) e Antonio Radical (PSTU) não pontuaram. Brancos e nulos somaram 12% e indecisos 10%.

Os entrevistados foram questionados se a eleição fosse hoje para quem seria o voto.

Também foi feita uma pesquisa de rejeição. Questionados em quem os entrevistados não votariam a pontuação foi a seguinte: Maranhão 35%, seguido também por Cícero Lucena com 35%, enquanto Estela aparece na terceira colocação com 29% de rejeição. Lourdes e Cartaxo ficaram empatados com 18%, Radical e Renan também empataram com o menor índice de rejeição 16%. Os indecisos somaram 11%.






Da Redação com Marília Domingues

Anatel pode voltar a proibir venda de chips de celulares

Anatel pode voltar a proibir venda de chips de celularesA Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pode voltar a proibir a venda de chips para celulares, segundo informações do presidente da Agência, João Rezende.

De acordo com ele, a entidade está empenhada em garantir a melhoria do serviço de telefonia móvel e vai fazer o acompanhamento trimestral das operadoras. "A Anatel vai fazer um pente fino nesses compromissos. Não descartamos novas suspensões das vendas, caso os indicadores não melhorem", disse Rezende, de acordo com a Agência Câmara.

Suspensão

No mês passado, a Anatel impediu a venda e a ativação de novas linhas pela TIM em 19 estados, pela Oi em 5 e pela Claro em 3.

Rezende explicou que a suspensão se baseou em dados checados em cada estado, sendo que as informações indicavam um grande crescimento na interrupção de chamadas. Além do congestionamento da rede, a Anatel também recebe muitas reclamações com relação ao atendimento dos call-centers das operadoras.

No último dia 3, as empresas foram autorizadas novamente a comercializarem chips. Elas serão cobradas a cumprir o plano de investimentos apresentado à Agência para que a proibição da venda de chips fosse suspensa. As operadoras prometeram investir R$ 20 bilhões no próximo triênio. "Desse total elas precisarão antecipar pelo menos R$ 4 bilhões", ressaltou Rezende.





Da Redação com Agência Câmara

Senador anuncia recursos para construir quadras cobertas em mais 3 municípios da PB; Veja quais!

Senador anuncia recursos para construir quadras cobertas em mais 3 municípios da PB; Veja quais!Com atuação em todos os municípios paraibanos, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), anunciou nesta sexta-feira (10), a liberação de mais recursos para os municípios de São Bento, Seridó e Bom Sucesso, destinados a construção quadras esportivas cobertas. Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), conseguidos graças ao empenho do senador peemedebista em favor da Paraíba.

Fruto de reiterados esforços do senador Vital, junto ao FNDE, o Ministério da Educação autorizou de uma só vez, a liberação de recursos no valor de R$ 152, 006,65 mil, para a construção da quadra esportiva em São Bento, além de ter repassado recursos na ordem R$ 112,410,51 mil, mais R$ 154,454,46, destinado a construção de quadra esportiva coberta em Seridó, e liberado mais R$ 339, 902, 24, mil para o mesmo projeto a ser executado na cidade de Bom Sucesso.

Após ser informado oficialmente pelo governo federal da liberação dos recursos, Vital do Rêgo tratou de encaminhar ofício ao prefeito de São Bento Jaci Severino de Sousa; ao gestor de Seridó, Francisco Alves da Silva, e ao chefe do Executivo de Bom Sucesso Gilson de Cavalcante de Oliveira, comunicando o benefício.

Na última quinta-feira (09), Vital já havia anunciado a liberação de R$ 153.585.71, destinado a construção de creche no município de Damião, e mais R$ 235.730, 28, destinado para a construção de quadra esportivas escolares no mesmo município.
Os recursos são oriundos de convênios articulados pelo senador com o Ministério da Educação através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Plano de Aceleração e Crescimento (PAC 2). O parlamentar também anunciou a liberação de recursos na ordem de R$ 243.354,07, destinado para construção de quadra esportiva coberta na cidade de Barra de São Miguel.

Somente no mês passado, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação repassou mais de 700 mil para Paraíba. Os recursos, articulados pelo senador Vital e destinados a construção de quadras cobertas, beneficiaram os municípios de Barra de São Miguel, Santa Cecília, São Bento e Seridó. Também foram repassados mais de R$ 1 milhão destinados a construção de creches nos municípios de Barra de São Miguel, Bom Sucesso, Damião e Seridó.

Em todos eles, o senador Vital colocou o seu gabinete a disposição dos gestores a fim de repassar quaisquer informações suplementares, bem como, para a viabilização de novos pleitos junto ao governo federal.




Da Redação com Assessoria

IBGE aponta que 76,7% dos índios são alfabetizados

IBGE aponta que 76,7% dos índios são alfabetizadosSegundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), 76,7% dos índios com 15 anos ou mais sabem ler e escrever no país, seja em português ou em seu idioma. A média brasileira é de 90,4%, de acordo com o Censo 2010. O estudo, divulgado nesta sexta-feira (10).

Em 2000, a taxa de alfabetização de índios nesta faixa etária foi menor, de 73,9%. A taxa de alfabetização de indígenas homens é superior ao de índias. Segundo o IBGE, 78,4% dos homens são alfabetizados, contra 75% das mulheres nas tribos.

Idiomas

O estudo mostrou que 293,9 mil índios falam pelo menos um dos 274 idiomas indígenas no país. O português é falado por 605,2 mil índios.

De acordo com o IBGE, 86.963 índios falam os idiomas do tronco linguístico tupi e outros 64.787 indígenas se comunicam pelo tronco linguístico macro-jê. O instituto também levou em consideração as outras línguas faladas pelos índios e que têm origem em outros países.

Dentro do tronco tupi, a família linguística tupi-guarani é a mais falada pelos índios, num total de 68.470 pessoas. A mawé é usada por 9.052 índios. No tronco macro-jê, a família linguística guarani-kaiowá é a mais falada por índios, num total de 28.848 pessoas, seguido da kaingangue, usada por 22.087 indígenas.

Ainda segundo o instituto, na faixa etária de 5 a 14 anos, 45,9% falam uma língua indígena. Destes, 59,1% se comunicam dentro de suas terras. Entre os índios de 15 e 49 anos, 35,8% falam seu idioma de origem em suas terras. Entre os índios com mais de 50 anos, o percentual de falantes é de 28,5%.

O levantamento também apontou que 97,3% dos índios com 50 anos ou mais não falavam português em suas terras.






Da Redação com g1

TST considera regular contrato entre Cruz Vermelha e Hospital de Trauma de JP

TST considera regular contrato entre Cruz Vermelha e Hospital de Trauma de JPPor unanimidade, os ministros do TST indeferiram os pedidos do agravo regimental interposto pelo Ministério Público do Trabalho, nos autos do Processo n.º 3542-84.2012.00.0000, e confirmaram a decisão do presidente do TST, João Oreste Dalazen, no sentido de suspender as decisões do Juízo da Vara do Trabalho de João Pessoa que impediam a contratação de organização social, através de contrato de gestão, para gerir o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, até o trânsito em julgado da demanda judicial.

Os ministros do TST seguiram o entendimento do presidente João Oreste Dalazen, que se posicionou pela constitucionalidade do modelo de gestão da saúde em parceria com organizações sociais, reconheceu as imensas dificuldades técnicas e operacionais enfrentadas pelo Estado para a prestação direta dos serviços de saúde, avaliou a exiguidade de tempo e falta de previsão orçamentária para a realização dos procedimentos administrativos de concurso público.

Além disso, considerou exorbitante e indevida a multa no valor de R$ 10 milhões ao Estado, imposta na antecipação de tutela, como forma de impedir a gestão pactuada . “A medida judicial que impede a contratação terceirizada de profissionais da área de saúde, quando já sob este sistema funcionam as unidades médicas do Estado, implica risco de dano irreversível para os cidadãos destinatários do serviço”, argumentou o presidente do TST em sua decisão, acompanhada pelos demais ministros.

Ele fundamentou também a decisão acatando a defesa apresentada pela Procuradoria Geral do Estado que argumentou que são públicas e notórias as imensas dificuldades técnicas e operacionais da prestação de serviços de saúde por parte do Estado.

Que os procedimentos administrativos para realização de concurso público e contratação de servidores que sucederiam os atuais prestadores de serviços exigem tempo delongado. Além disso, que o acesso à saúde, como é de fácil reconhecimento, constitui garantia constitucional do cidadão. Segundo se apura em cognição sumária, prestação desse importante serviço aos paraibanos encontra-se condicionada à administração por meio dos contratos de gestão previstos pela Lei nº 9.637/1998.

“A farta documentação trazida pelo Requerente demonstra notória e indiscutível melhoria no atendimento à população, por intermédio do instrumento de transferência da gestão a organização social do interesse público”, destacou o presidente do TST em seu voto.

Na defesa apresentada ao TST pela PGE, foi destacado que após a implantação desse novo modelo de gestão hospitalar, o atendimento à saúde pública da população de João Pessoa melhorou sensivelmente. Houve melhorias no atendimento emergencial do hospital, que já é aproximadamente 20% maior do que o número de atendimentos feitos antes da gestão da Cruz Vermelha. Bem como, a melhoria no intervalo de tempo para cirurgia de emergência (83% das cirurgias de emergência foram realizadas em um intervalo de tempo menor que 60 minutos).

O procurador- geral do Estado, Gilberto Carneiro, destacou que o modelo de gestão pactuada, adotado pelo Governo do Estado para administração do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, existe em 20 Estados brasileiros e em nenhum deles a Justiça suspendeu.

Gilberto Carneiro destacou, também, que com a gestão pactuada no Hospital do Trauma houve um aumento em 20% no atendimento diária e trouxe uma economia de 34% no custeio. “O índice de satisfação com o novo modelo é de 80% por parte da sociedade, conforme pesquisa realizada. Além disso, inúmeros investimentos foram feitos no hospital. Para se ter uma ideia, o número de leitos de UTI era de apenas 24 leitos antes da gestão pactuada e agora já está em 47, praticamente dobrou em menos de um ano da gestão pactuada”, destacou o procurador.






Da Redação com PGE

Amazon se engana no pedido e rapaz recebe rifle em vez de TV; Veja foto

Amazon se engana no pedido e rapaz recebe rifle em vez de TV; Veja foto

Às vezes, acontece de ocorrerem enganos com as compras que fazemos pela internet e de acabarmos recebendo o produto errado — embora aqui no Brasil o maior problema sejam mesmo os atrasos nas entregas —, mas imagine a surpresa de Seth Horvitz, um norte-americano de Washington, quando, ao abrir a caixa que foi entregue em sua casa, em vez do televisor que ele havia comprado, ele encontrou um rifle semiautomático Sig Sauer SIG716.

De acordo com o site dcist, que publicou a notícia, a posse e transporte de armas é proibido em Washington, portanto, se Horvitz tivesse simplesmente levado o pacote de volta à empresa transportadora ou aos correios, isso teria sido um ato ilegal. Desta forma, o rapaz chamou a polícia e essa parte do problema foi solucionada.

Embora Horvitz ainda esteja esperando pela sua TV de alta definição nova, imagine o que poderia ter acontecido se esse pacote tivesse sido entregue não só no endereço errado, mas para a pessoa errada!







Da Redação com 'Tec Mundo'

Comando pede paralisação de todas as atividades; a estratégia é pressionar o governo

Comando pede paralisação de todas as atividades; a estratégia é pressionar o governoA assessoria de Comunicação do Comando de Greve dos professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) disse hoje sexta-feira (10) que a greve da instituição vai continuar e sem perspectiva de encerramento. O comando revelou que vai solicitar ao reitor Rômulo Polari que peça ao Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) a suspensão de todas as atividades da universidade.

De acordo com o comando, essa solicitação de paralisação de todas as atividades é uma estratégia para acirrar o movimento e para pressionar o governo a retomar as negociações que foram encerradas na semana passada. A reunião com o reitor foi marcada para acontecer na segunda-feira (13), ás 16h na sede da Reitoria no qual será solicitado também a Rômulo Polari que reitere o apoio à paralisação.

Ainda segundo a assessoria, o reitor Thompson Mariz da Universidade Federal de Campina Grande enviou uma nota ao Ministério da Educação e ao Ministério do Planejamento fazendo um apelo para que o governo reabra o dialogo com os grevistas. O comando espera que o reitor da UFPB Rômulo Polari faça a mesma solicitação e seguir o exemplo de outros reitores do País.

A paralisação da Universidade Federal da Paraíba está com as atividades docentes paralisadas desde o dia 17 de maio deixando 42 mil alunos sem aulas. Já na UFCG, são aproximadamente 20 mil estudantes prejudicados há três meses.







Da Redação com Tarcísio Timóteo

MDS bloqueia 12 mil benefícios do Bolsa Família na PB, por falta de frequência escolar

MDS bloqueia 12 mil benefícios do Bolsa Família na PB, por falta de frequência escolarUm total de 12.461 beneficiários do Bolsa Família, na Paraíba, estão com o recurso bloqueado desde julho por não terem cumprido a frequência escolar mínima exigida pelo programa.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), as famílias têm até 31 de agosto para apresentar recurso e regularizar a frequência – conseguindo assim o desbloqueio do benefício.

A orientação do MDS é, ainda, que as famílias procurem o gestor responsável pelo programa em cada município, para que ele realize o envio desses dados. Do total de famílias afetadas pela medida, 9.774 tiveram o recurso bloqueado de forma integral, enquanto outras 2.687 famílias tiveram o corte apenas no dinheiro vinculado aos jovens e adolescentes entre 16 e 17 anos.

Isso porque, segundo o MDS, quando a falta de assiduidade às aulas é de crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos, o recurso (que tem valor distribuído por pessoa) é retido por completo.

Essa faixa etária precisa ter um percentual mínimo de frequência de 85%. Já em se tratando dos adolescente de 16 e 17 anos a assiduidade exigida é de 75% e quando o percentual não é atingido só o valor remetido a eles é bloqueado e não o benefício de toda a família.

Ainda de acordo com o MDS, atualmente 560.671 estudantes estão inscritos no Bolsa Família na Paraíba. Além dos beneficiários que já tiveram o recurso suspenso, o órgão alertou que 16.287 estão sem a informação correta sobre a escola, que deveria estar registrada no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e no Sistema Presença do Ministério da Educação (MEC).

Esses beneficiários tem até dezembro para procurar a gestão do programa de transferência de renda no município em que moram e identificar a instituição. Caso isso não seja feito, eles podem sofrer as penalidades que vão desde advertência ao cancelamento do benefício.

Segundo o secretário-executivo da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Anderson Urtiga, a entidade tem orientado os gestores locais a buscarem os beneficiários com irregularidades. No entanto, muitos moram em áreas afastadas da cidade, o que estaria dificultando o trabalho dos gestores.

“As famílias, que são de baixa renda, muitas vezes recebem o cartão do programa e não se interessam mais em obedecer as contrapartidas. As campanhas são feitas pela assistência social local, mas as famílias também precisam se conscientizar. Esse é um problema que atinge o Brasil inteiro e não só a Paraíba”, comentou o secretário-executivo da Famup.






Da Redação com Camila Alves

João Pessoa: ´Agristas` prevêem chapa de Cássio e Agra para 2014


Entre os aliados do prefeito Luciano Agra tem uma composição de chapa para as eleições majoritárias de 2014 que vai ganhando corpo nos corredores da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

A composição imaginária traz o senador Cássio Cunha Lima como candidato a governador, o prefeito Agra como vice-governador e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, como candidato ao Senado Federal. Seria juntar Campina com João Pessoa novamente, na visão dos visionários.

O “trio” já é o preferido entre os mais próximos do prefeito pessoense.





Da Redação com blog de Luís Tôrres

Gangue tenta assaltar ônibus na capital; polícia age rápido e prende bandidos

Gangue tenta assaltar ônibus na capital; polícia age rápido e prende bandidos

Quatro homens entraram em um ônibus da empresa Mandacaruense, linha Padre Zé, na manhã desta sexta-feira (10) e iniciaram uma baderna, poucos minutos depois, anunciaram um assalto.

Um dos passageiros do coletivo entrou em contato com a polícia que, em rápida ação, conseguiu prender os assaltantes; um deles é menor de idade e foi apreendido.

Muitos curiosos se deslocaram ao local para acompanhar a ocorrência pois acreditaram que se tratava de um seqüestro.






Da Redação com Yves Feitosa
* Imagem apenas ilustrativa

Margareth recorre ao TRF para ser empossada na UFPB e acusa: Consuni quebrou paridade histórica

Margareth recorre ao TRF para ser empossada na UFPB e acusa: Consuni quebrou paridade históricaA reitora eleita da UFPB, Margareth Diniz, já recorreu ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região para conseguir se empossada no cargo após o segundo turno. “Nós estamos recorrendo ao TRF, no Recife. Afinal, foi o Tribunal quem mandou fazer o segundo turno”, explicou Diniz.

A reitora fez outra acusação. “O relator e a maioria dos eleitores da reitoria quebraram a paridade. Significa dizer que os votos dos estudantes agora valem 15% e dos funcionários 15%, enquanto o dos professores 70%. Essa era uma paridade história. Os sindicatos dos funcionários, estudantes e professores precisam se posicionar sobre isso”, alertou Diniz.

Margareth contou que na manhã desta sexta-feira (10) ela fez distribuiu 2 mil panfletos na guarita principal da universidade. Os manifestantes estavam com camisetas com os dizeres ‘reitora eleita, reitora empossada’.

Questionada se recorrer ao TRF não seria considerada um intervenção na UFPB, Diniz negou e argumentou que o artigo 207 da constituição federal não pode ser interpretada como soberania e independência. “Cada situação cabe uma instância superior. A UPFB não é uma ilha, está sujeita a constituição como um todo. Porque senão pode acontecer que uma pessoa de má fé que tem maioria no Consuni, tome a Universidade e a vire de cabeça para baixo. As leis são para serem cumpridas”, finalizou.






Da Redação com Paulo Dantas

Indeferido: Lei Ficha Limpa barra candidato a vereador em Gurinhém-PB

Lei Ficha Limpa barra candidato a vereador em Gurinhém-PBO Tribunal Regional Eleitoral manteve nesta sexta-feira (10) o indeferimento da candidatura a vereador de João Pergentino Régis, da cidade de Gurinhém-PB. Ele foi barrado com base na Lei da Ficha Limpa, já que teve contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

As contas são referentes ao exercício de 2005 quando o vereador João Pergentino presidiu a Câmara Municipal de Gurinhém. A reprovação das contas foi pela não retenção, nem recolhimento da contribuição previdenciária em relação aos agentes políticos (parte empregado e empregador), bem como a apropriação de recursos extra-orçamentários, no valor de R$1.301.85 .

Ele foi enquadrado no artigo 1º, alínea g, da Lei da Ficha Limpa, que considera inelegível "os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário, para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes, contados a partir da data da decisão".

De acordo com o sistema 'DivulgaCand', José Pergentino já entrou com recurso contra o indeferimento de sua candidatura e aguarda decisão da Justiça Eleitoral.





Da Redação com Lenilson Guedes

Bandidos invadem casa e espancam casal de idosos para roubar R$ 90, em Pombal-PB

Bandidos invadem casa e espancam casal de idosos para roubar R$ 90, em Pombal-PBUm casal de idosos teve sua residência invadida por dois homens armados e foram espancados e roubados. Raimundo Lacerda da Silva, 70 anos, e Ilda Porfírio da Conceição (idade não revelada), estavam em residência na Travessa Horácio Bandeira, na cidade de Pombal-PB, serão paraibano, quando os homens chegaram e invadiram a casa.

A intenção era apenas roubar. Mas, como só conseguiram a pequena importância de R$ 90, resolveram bater nos idosos. Raimundo ficou com ferimentos na perna direita e sua esposa levou uma pancada na testa. Os dois foram socorridos e levados para o hospital da cidade e passam bem.

A Polícia Militar fez buscas na tentativa de encontrar os acusados, mas ninguém foi preso.






Da Redação com Folha do Sertão

Jovem de 25 anos fica nua, 'acaricia' partes íntimas e caminha pelas ruas de Sousa-PB

Jovem de 25 anos fica nua, 'acaricia' partes íntimas e caminha pelas ruas de Sousa-PB
Moça tirou toda a roupa e deu um passeio "tranquilo" pela cidade de Sousa-PB

Que a mulherada gosta de tirar a roupa para protestar, mundo afora todo mundo sabe. Mas, no município de Sousa-PB, no sertão paraibano, a jovem Analice dos Santos Sousa, 25 anos, resolveu tirar toda a roupa e dar uma "voltinha" pela cidade.

Seu passeio completamente nua teve início na Rua Projetada, no Bairro Várzeas das Almas. Não contente em chamar a atenção por estar despida, Analice também acariciou as partes íntimas e fez gestos obscenos para as pessoas que a observava.

A Polícia Militar foi acionada pela população que ficou constrangida com o comportamento da moça. Analice foi presa pelos policiais, convidada a se vestir e levada para a Delegacia da cidade.

O fato ocorreu na noite da quinta-feira (9), por volta das 21 horas.




Da Redação do Mari Fuxico
Com informações da Folha do Sertão

MARI: Veja vídeos do local onde ocorreu o duplo homicídio na manhã desta sexta

Um tiroteio ocorrido por volta das 9:40h deixou o saldo de três feridos e dois mortos em Mari-PB. O confronto aconteceu no Loteamento Maria do Amor Divino, que fica situado na área do Bairro Vermelho (clique aqui e veja a matéria completa).

Nos vídeos abaixo, é possível ter uma visão da área onde ocorreu o crime e dos corpos das vítimas.

VEJA OS VÍDEOS:






Da Redação do Mari Fuxico
Com Jardel Cândido (mídia.net)

MARI -VEJA FOTOS: Tiroteio termina com dois mortos no Loteamento Maria do Amor Divino

MARI -VEJA FOTOS: Tiroteio termina com dois mortos no Loteamento Maria do Amor DivinoUm tiroteio ocorrido por volta das 9:40h deixou o saldo de três feridos e dois mortos em Mari-PB. O confronto aconteceu no Loteamento Maria do Amor Divino, que fica situado na área do Bairro Vermelho.

O Tenente Souto (Polícia Militar) concedeu entrevista na rádio da cidade e confirmou as duas mortes. Ele adiantou o nome de uma das vítimas; é o ex-presidiário José Vieira da Silva, 34 anos, vulgo “Padre”. Ele é da cidade de Sapé mas, estaria montando uma boca de fumo em Mari.

>> Veja também: MARI: Veja vídeos do local onde ocorreu o duplo homicídio na manhã desta sexta

Um grupo de traficantes rivais são apontados como os assassinos. Os altos índices de violência em Mari, desafia a segurança publica da Paraíba, que nos demais recantos do Estado comemora um declínio no número de homicídios.

Até agora já são 20 mortos. O caso mais bárbaro que aconteceu em Mari foi o duplo homicídio dos irmãos gêmeos que após o crime foram esquartejados e enterrados à beira de um açude (veja matéria).

VEJA AS FOTOS (Clique para ampliar):


MARI -VEJA FOTOS: Tiroteio termina com dois mortos no Loteamento Maria do Amor Divino



Da Redação do Mari Fuxico
Com Portal Mídia

Gastos dos senadores crescem no primeiro semestre de 2012; veja os valores

Gastos dos senadores crescem no primeiro semestre de 2012; veja os valoresOs senadores gastaram mais com o mandato nos seis primeiros meses de 2012 em comparação com o mesmo período do ano passado. E quem paga a conta é o Senado, que reembolsa as despesas dos parlamentares com atividades atribuídas ao exercício do mandato.

Apenas nos seis primeiros meses do ano, o Senado ressarciu R$ 7,52 milhões de despesas dos senadores com combustível, hospedagem, alimentação, aluguel de escritório, consultoria, segurança privada e divulgação do mandato, incluídas na antiga verba indenizatória. Um crescimento de 54% em relação aos R$ 4,89 milhões referentes a esse mesmo tipo de despesa, considerado o igual período de 2011.

O salto foi puxado pelos gastos com a divulgação do mandato, que mais do que dobraram neste ano eleitoral: passaram de R$ 535,2 mil para R$ 1,26 milhão. Mas o total das despesas dos senadores ressarcidas pelo Senado foi ainda maior. É que a Casa unificou, em junho do ano passado, a verba indenizatória (benefício mensal de R$ 15 mil) com a chamada cota de passagens aéreas, cujo valor varia de estado para estado. Criou-se, então, a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores (Ceaps), mais conhecida como “cotão”. Somadas com as passagens aéreas, o total de gastos cobertos pela Casa passou de R$ 5,06 milhões para R$ 10,4 milhões.

Os dados fazem parte de levantamento feito pelo Congresso em Foco, com base em informações do site do Senado.

Conforme o estado de origem, cada senador tem à disposição para gastar mensalmente de R$ 21 mil (casos de Goiás e do Distrito Federal) a R$ 44,27 mil (Amazonas). Ou seja, de R$ 252 mil a R$ 531,24 mil por ano. Basta comprovar as despesas com as respectivas notas fiscais. O valor não utilizado em um mês pode ser acumulado e utilizado posteriormente.

Clique Aqui e veja quanto cada senador gastou com a verba indenizatória.






Da Redação com Congresso em Foco

Escolas particulares vão à Justiça contra lei de cotas aprovada no Senado

Escolas particulares vão à Justiça contra lei de cotas aprovada no SenadoA Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) afirmou nesta quinta-feira (9) que pretende entrar com uma ação na Justiça para questionar o ajuste social que a nova Lei das Cotas para faculdades federais pretende realizar.

O Senado aprovou na quarta-feira a Lei das Cotas , que prevê que 50% das vagas de todos os cursos oferecidos pelas entidades federais sejam reservadas para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas. Parte dessas vagas devem ser dedicadas à negros, pardos e índios e outra parcela para alunos de famílias com renda abaixo de 1,5 salário mínimo.

A presidente da Fenep, Amábile Pacios, disse que a lei desrespeita a igualdade de acesso que deve existir para toda a população. De acordo com Amábile, caso a sanção ocorra, o governo federal irá reconhecer que oferece um ensino público de má qualidade, incapaz de preparar seus alunos para o vestibular.

"As escolas particulares deveriam ser uma escolha da família, e no Brasil é a única opção para os alunos que desejam ser aprovados em vestibulares mais rigorosos, como o das universidades federais. A lei não só desrespeita a igualdade de acesso como facilita a entrada de apenas uma parcela dos estudantes brasileiros", argumentou Amábile.

A presidente Dilma Rousseff tem até 15 dias para sancionar o texto, que também foi rebatido pelos reitores das universidades federais, que alegam perder a autonomia universitária com a medida. A Fenep pretende entrar com uma ação na Justiça assim que a aprovação da lei acontecer.






Da Redação com correio

Deputados “pró-diploma” pretendem acelerar votação da PEC dos jornalistas na Câmara

Deputados “pró-diploma” pretendem acelerar votação da PEC dos jornalistas na Câmara

Os deputados favoráveis à proposta de emenda constitucional (PEC) que torna obrigatório o diploma de nível superior em jornalismo, aprovada na última terça-feira (07) no Senado, vão tentar um “atalho” para acelerar a tramitação da proposta na Câmara, informou a Folha de S.Paulo.

A ideia é juntá-la a um outro projeto semelhante que já passou por todas as comissões e está pronto para ser votado. A outra opção do grupo pró-diploma é pedir que a proposta seja analisada por uma única comissão especial, permitindo levá-la a plenário até o fim do ano.






Da Redação com 'portal imprensa'

O conteúdo deste Blog é protegido. A cópia do conteúdo está autorizada desde que seja citada a fonte. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.