sábado, 29 de outubro de 2011

Promotoria de Defesa do Direito da Mulher de João Pessoa será inaugurada na próxima sexta-feira

sábado, 29 de outubro de 2011

As sedes das Promotorias de Defesa dos Direitos da Mulher de João Pessoa e Campina Grande vão ser inauguradas na próxima sexta-feira (4) e no dia 16 de novembro, respectivamente. Na Capital a solenidade está marcada para às 11h, e o prédio fica localizado na rua 13 de Maio, Centro. O Ministério Público da Paraíba concluiu o trabalho de reestruturação das Promotorias com a implementação do Projeto de Efetivação da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), numa parceria com o Ministério da Justiça.

As promotorias foram reformadas em sua estrutura física, as sedes receberam equipamentos de informática e foi formada uma equipe multidisciplinar, com profissionais da área Jurídica, psicossocial e de saúde. O Ministério Público Estadual ficará também responsável pela formação de banco de dados, que deverá ter caráter nacional, com informações sobre os perfis das vítimas e dos agressores.

O Projeto de Efetivação da Lei Maria da Penha faz parte de um convênio firmado com o Ministério da Justiça. “Esse convênio foi feito para que a gente pudesse ter condições de fazer um levantamento estatístico, um acompanhamento e a evolução do que acontece na violência contra a mulher. Não só a violência doméstica, mas a violência de um modo geral”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho.

O procurador destacou o papel constitucional do Ministério Público na defesa da mulher vítima desse tipo de violência. Ele observou que o Ministério Público por ser detentor, na Constituição, dessa defesa, passa a ter uma responsabilidade, aqui no Estado, coletar os dados sobre esse tipo de violência, fazer estudos a partir deles e direcionar a política institucional do Ministério Público em defesa da mulher, principalmente no aspecto violência.



Da Redação com Assessoria do MPPB

MPF denuncia Marcos Valério e esposa por lavagem de dinheiro

O Ministério Público Federal (MPF) em Belo Horizonte denunciou, ontem (28), Marcos Valério e a mulher dele por lavagem de dinheiro. Entre setembro e novembro de 2005, o Conselho Administrativo de Atividades Financeiras (COAF) registrou movimentações de dinheiro e contas de titularidade atípicas em nome da esposa de Valério e de uma empresa, que tem como sócios administrados os acusados. De acordo com o MPF, após investigações, foi feito o pedido de quebra do sigilo bancário dela e da companhia.

O MPF também informou que os recursos movimentados pelos denunciados tinham origem em contas que operaram o esquema do “mensalão”, operação de compra de apoio político do qual Valério é suspeito.

De acordo com o MPF, grande parte dos valores originou-se de depósitos em contas mantidas no Banco Rural e no Banco do Brasil. Ainda segundo a denúncia do ministério, as contas eram utilizadas para praticar os crimes financeiros do “mensalão”. O MPF também informou que, em depoimento, a mulher de Marcos Valério afirmou que o marido era o único responsável pela movimentação das contas.

O advogado de Marcos Valério, Marcelo Leonardo, considerou absurda a ação do MPF de denunciar a esposa do cliente. De acordo com ele, a inocência dela já está provada em outros processos, reconhecendo que ela não teve atuação no caso.

Ainda segundo o advogado, Marcos Valério é vítima de perseguição, pois o caso “mensalão” envolve diversas pessoas e as denúncias do MPF se restringem ao acusado. O ministério esclareceu que todos os sócios foram denunciados e o nome de Valério é recorrente nas denúncias por ser o pivô do caso.




Da Redação com g1

Em Alagoas, vaca adota ‘homem-bezerro’. Assista aqui ao vídeo!

Em Alagoas, vaca adota homem-bezerroQuem diria que uma brincadeira inocente poderia se transformar em uma comovente história de amor? Em Alagoas, um homem resolveu se passar por um bezerro e acabou conquistando o coração de uma vaquinha para lá de carinhosa.

O caso aconteceu no município de Girau do Ponciano, localizado a cerca de 200 quilômetros da capital Maceió. Sob a vigilância da mimosa, o “homem-bezerro” parece ter se adaptado perfeitamente à vida no pasto.

Em um vídeo, que já é um sucesso na internet, o cara aparece até mamando nas tetas da “mamãe”. A vaquinha lambe sua cria e protege o "Homem-bezerro" do que acredita ser um caubói malvado.

Veja o vídeo:





Da Redação com 180graus

Anatel aprova redução de tarifa nas chamadas fixo-móvel

O Conselho diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou, na quinta-feira (27), a redução de tarifas das chamadas de telefone fixo para móvel.

Dessa forma, até 2014, a medida fará com que os consumidores paguem até 45% menos do que o valor atual.

Atualmente, a tarifa está em R$ 0,54 por minuto; em 2012 cairá para R$ 0,48 o minuto; ficando em R$ 0,44 no ano seguinte; até atingir R$ 0,42 em 2014.

Homologação

A Agência irá publicar o ato de homologação das novas tarifas em até 80 dias, sendo que, a partir daí, as empresas terão 20 dias para apresentar a redução.

Caso a medida não seja cumprida, a Anatel irá reduzir os valores de remuneração da rede móvel, podendo chegar a uma redução de 27% até 2014.



Da Redação com InfoMoney

Zezé Di Camargo: 'Se o Luciano quiser sair, eu vou atrás dele aonde ele for'; Mulher seria o motivo

Ao deixar o hospital onde Luciano está internado, Zezé Di Camargo disse que a briga que teve com o irmão Luciano no palco durante show na última quinta-feira foi apenas uma discussão, e que está disposto a continuar a parceria. "Foi apenas um desentendimento entre irmãos. Algo que acontece em todas as famílias. Se o Luciano quiser sair, eu vou atrás dele aonde ele for", afirmou.

Ao abrir a janela do carro para falar com os fotógrafos, um sorridente Zezé falou sobre a internação do irmão à imprensa: “Estou muito feliz que meu irmão está bem. Nós nascemos para cantar juntos... Somos os filhos de Francisco!”, disse ele, que desconversou sobre o fim da dupla. “Vou cantar por nós dois hoje”, declarou ele sobre o show solo que fará no Teatro Guaíba, em Curitiba.

O cantor está otimista com a recuperação do irmão. "Ele está se recuperando bem, se Deus quiser, sai amanhã do hospital. Estou indo embora agora para ir para o hotel me preparar para o show de hoje à noite".


Cantor é hospitalizado

Luciano, que está internado desde a manhã desta sexta-feira, no Hospital Santa Cruz, em Curitiba, poderia ter morrido se não fosse socorrido logo. A afirmação foi dada em entrevista pelo médico Hipólito Carraro Jr., coordenador da UTI do hospital, que explicou ainda que Luciano chegou ao hospital com desconfortos por conta de falta de potássio no sangue, que pode causar arritmia cardíaca. O cantor estava com metade do valor normal de potássio, fruto do uso de diuréticos para diminuir o inchaço nos braços e pernas.

Estresse ou álcool (a presença não foi detectada em exames) não seriam, portanto, a causa do mal-estar do cantor. O médico também disse que Luciano não aumentou a dose de diuréticos, e que estava tomando a quantidade normal.

Sobre a apresentação da dupla na noite desta sexta-feira, no Teatro Guaíra, em Curitiba, o médico explicou que Luciano não deve subir ao palco. "O paciente não tem condições de fazer o show hoje à noite. Ele está sedado com um comprimido leve para poder descansar", explicou Dr. Carraro.

Emanuel Camargo, empresário da dupla, e que tem acompanhado Luciano em sua passagem pelo hospital, anunciou que a apresentação não foi cancelada, e que Zezé di Camargo vai subir ao palco sozinho. Zezé visitou o irmão por volta das 15 horas, mas entrou por uma porta dos fundos para não ser visto. A apresentadora Xuxa também esteve no Hospital e disse à sua assessora que o cantor está bem, feliz e animado para receber alta.

Luciano não corre mais riscos mas deve seguir na UTI, com previsão de alta entre 24 e 48 horas.


Leia o boletim médico na íntegra:

"O Luciano foi admitido neste Hospital às 9h de hoje, após desconforto decorrente de hipocalemia aguda. Essa redução do potássio no sangue foi decorrente do uso recente de diurético usado para controle de inchaço nos braços e pernas, que o Luciano já apresentava principalmente nesse período do ano, quando realiza mais shows. Alterações do potássio podem levar à parada cardíaca e assim optamos por manter o Luciano sob observação na UTI, enquanto corrigimos essa alteração. No momento ele está bem, dormindo após o susto."

Luciano foi internado na UTI Hospital Santa Cruz, nesta sexta-feira. Ele deu entrada na unidade e passou por exames, após anunciar que deixaria a dupla durante um show na cidade, no fim da noite desta quinta-feira.


Fim da dupla

O sertanejo pegou o público de surpresa ao anunciar o fim da dupla. O cantor disse que a partir de 2012, depois do show no cruzeiro que leva o nome dele e do irmão, em março, Zezé passará a se apresentar sozinho.

A apresentação foi bastante conturbada. Primeiro, Zezé Di Camargo subiu sozinho ao palco e avisou que tinha se desentendido com o irmão no camarim, e por isso, ia fazer o show sozinho. Depois Luciano apareceu e conversou com o público.

"Tá impossível pra mim. Há muito tempo que eu venho brigando com isso. Eu não consigo mais lidar com isso. É uma culpa minha e de repente da minha saúde. Hoje, aqui, vou dar o máximo de mim. Não era pra eu estar aqui agora, mas pode ter certeza, até o final do ano vou cumprir todos os meus compromissos. Mas no ano que vem, meu irmão vai continuar a carreira sozinho. E vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu, e que ele merece pro resto da vida", desabafou o cantor, surpreendendo os fãs.


Zezé: 'Meu irmão foi embora'

O próprio Zezé mencionou o contratempo com Luciano: "Depois de 20 de carreira tô no palco sozinho, sem meu irmão, isso já aconteceu uma vez, mas hoje pela segunda vez está acontecendo de novo. Teve um probleminha no camarim, meu irmão foi embora".

Em seguida, Zezé diz que deve muito aos fãs da dupla e que por isso faria o show sozinho mesmo. "Depois a gente resolve isso, mas o importante é que eu estou aqui e respeito muito todos vocês. Vamos cantar!".

As hashtags #QuandoUmaDuplaSertanejaSeSepara, #FimdeZeZeeLuciano e o nome da dupla aparecem nos Trending Topics Brasil, Rio e São Paulo como os assuntos mais comentados desde a noite de ontem.

"Eu acho que não deveria existir #fimdezezeeluciano, essa dupla canta pra caramba! as letras são maravilhosas, neles td é perfeito!", disse uma fã.

Já outro tuiteiro acredita que tudo foi planejado. "O #FimdeZeZeeLuciano é apenas uma jogada bem elaborada, estavam sem aparecer na mídia e inventaram isso para voltarem a ser destaque!"

Outra jovem crê em um retorno da dupla. "#FimdeZeZeeLuciano Aposto que daqui 2 anos eles lançam uma turnê milionária de retorno. (vide Edson e Hudson)"

O Twitter oficial da dupla garantia que tudo não passava de uma briga entre irmãos e o mal-entendido seria desfeito. No entanto, Luciano parece estar decidido: "A culpa é totalmente minha e de repente da minha saúde. Há muito tempo que venho brigando com isso".


20 anos de sucesso

Conhecidos por emplacar sucessos como É o Amor, Dois Corações e uma História, e Pão de Mel, a dupla comemora 20 anos em 2011. Em 1991, eles lançaram um disco com a música É o Amor e logo alcançaram o topo das paradas.

O hit foi regravado por artistas como Maria Bethânia e deu início a uma carreira de sucesso que inclui participações em discos de Roberto Carlos, Julio Iglesias e Chitãozinho & Xororó.

Há seis anos, lançaram uma coletânea com seis CDs e 100 músicas gravadas. No ano seguinte, em 2005, estrearam no cinema o filme "Dois Filhos de Francisco", que conta a história da dupla desde a infância em Goiás.

Mulher seria verdadeiro motivo da briga entre Zezé e Luciano

Uma morena chamada Graciele teria sido o motivo da briga entre os irmãos Zezé di Camargo e Luciano. As informações são do colunista Leo Dias, do jornal O Dia. Segundo a publicação, ela mora em Alphaville, em São Paulo, e é amiga de Zezé há cinco anos.

Essa proximidade incomodaria Luciano e sua mulher, Flávia Fonseca, que não teria aceitado que ela frequente bastidores de shows. Segundo a publicação, a morena também estava em Curitiba na noite em que os dois discutiram. Zilu, mulher de Zezé, teria viajado para Miami e recebido o apoio dos filhos, principalmente de Wanessa.





Da Redação com ODia e 180 graus

MARI: Audiência Pública sobre Previdência Municipal é adiada mais uma vez

Audiência Pública sobre Previdência Municipal é adiada mais uma vezAtravés de seu blog, o professor Josa, que é Presidente do Sindicato de Servidores Públicos do município de Mari-PB (SINDISMAR), informou que teve contato por telefone com a Presidente da Câmara Municipal de Mari, Vânia Souza, que comunicou o adiamento, mais uma vez, da Audiência Pública que iria discutir na próxima segunda-feira (31), o Projeto de Lei nº 18, que trata da implantação da previdência municipal em Mari.

De acordo com a Vereadora, o motivo seria a impossibilidade da presença do advogado na referida audiência na segunda-feira. "Infelizmente o advogado não poderá estar presente e tivemos que adiar mais uma vez. Acredito que até a sexta-feira realizaremos essa audiência", confirmou Vânia Souza.

O presidente do SINDISMAR, disse esperar que a audiência pública ocorra o quanto mais rápido possível, para que os servidores públicos municipais de Mari possam discutir e retirar suas dúvidas quanto ao referido projeto.



Da Redação do Mari Fuxico
Com informações do Blog do Josa

MARI: Jornal Correio publica 'denúncia' contra Prefeito Antônio Gomes por convocar filhos em Concurso

Concurso Suspeito de Irregularidades: Prefeito convoca filhos para cargosO jornal Correio da Paraíba, edição deste sábado (29), traz uma matéria assinada pelo jornalista Adelson Barbosa dos Santos, que trata do último Concurso Público da cidade de Mari, denunciando possíveis irregularidades na convocação dos filhos do Prefeito Antônio Gomes (foto), tendo por base, relatos do Vereador Edivaldo Martins, que acusa o Prefeito Antônio Gomes de nepotismo.

Na citada reportagem, o jornalista trata sobre uma suposta troca de favores entre o Prefeito de Mari e o Prefeito de Campim, Sérgio Lima, para aprovação de filhos em concursos de ambos os municípios.

Abaixo, leia a matéria na íntegra:


"Concurso Suspeito de Irregularidades: Prefeito convoca filhos para cargos

O vereador Edvaldo Martins (PSB), do município de Mari, denunciou ontem, no programa Correio Debate, da Rádio 98,3 FM (Sistema Correio de Comunicação), que o prefeito Antônio Gomes da Silva (PSDB) convocou três filhos para assumirem cargos na administração municipal, após aprovação em concurso publico realizado pela Prefeitura e com suspeita de irregularidades.

O vereador estranha o fato dos três terem sido aprovados em concurso realizado na gestão do pai como prefeito de Mari. “Acredito que eles estudaram muito. Se prepararam, fizeram cursinho e foram aprovados”, ironizou.

Segundo o vereador, a nomeação dos filhos do prefeito caracteriza nepotismo. Além do mais, segundo o vereador, a esposa do prefeito e mãe dos três efetivados é a secretária de Ação Social do município de Mari. De acordo com a denúncia do vereador, o primeiro filho do prefeito, Alisson José da Cunha, passou no concurso para digitador e agora é um dos especialistas pertencentes ao quadros seleto de oito profissionais no Poder Municipal.

O segundo filho de Antônio Gomes, Allan Cunha da Silva, foi aprovado na seleção para fiscal de tributos e será o segundo fiscal da cidade. Detalhe interessante: Allan só conta com o 2° grau.

A filha do prefeito, Rosemagna Cunha foi aprovada para pedagoga urbana e no momento exerce o cargo de secretária de Educação do Município. De acordo com o vereador, as efetivações dos três filhos de Antônio Gomes causou revolta na cidade, uma vez que muitos dos aprovados sequer foram convocados.

“E mais: a filha do prefeito de Mari e o marido dela também foram aprovados em concurso realizado pela Prefeitura do município de Capim. Em contrapartida, uma filha do prefeito de Capim e o marido dela também foram aprovados em concurso na cidade de Mari e foram efetivados”, denunciou o vereador. O prefeito de Capim, Sérgio Lima (PSDB), é amigo do prefeito de Mari, Antônio Gomes.

Antônio Gomes foi eleito prefeito de Mari em 2008 graças ao apoio que teve do então prefeito, Marcos Martins, até então a maior liderança política da cidade. Numa composição, Marcos indicou o amigo e empresário José Jobson Ferreira para vice-prefeito.

A chapa foi vitoriosa e comprovou a liderança de Marcos, que se empenhou diretamente na campanha para eleger seus candidatos. Mas Antônio Gomes tomou gosto pelo cargo e pouco tempo depois, rompeu com o ex-prefeito Marcos Martins, que é pré-candidato a prefeito para as eleições de 2012 e ameaça tomar o poder de Antônio Gomes.

O prefeito não foi localizado no final da tarde de ontem para falar sobre as suspeitas de ter beneficiado seus filhos em detrimento dos demais concursados, numa clara demonstração de irregularidades, conforme garantem seus adversários.


Adelson Barbosa dos Santos
Jornal Correio da Paraíba
"



POSICIONAMENTO DA PREFEITURA

Ainda na manhã deste sábado (29), na rádio da cidade, o Assessor de Comunicação da Prefeitura de Mari, Manuel Batista, se pronunciou sobre a matéria do Jornal Correio e afirmou que desde que o Concurso Público foi realizado na cidade de Mari (outubro de 2010), a Prefeitura de Mari não tem conhecimento sobre qualquer ação ou questionamento na justiça em relação ao referido concurso. "O Vereador Edivaldo parece que foi o único que não percebeu, que não sabia que, os filhos do prefeito se submeteram a esse concurso, em condições de igualdade, conforme dispõe a Constituição do nosso país de que o ingresso no serviço público se dará por concurso em condições de igualdade... Eles realmente passaram e não foram os únicos a serem aprovados nas suas respectivas funções; outras pessoas passaram, foram convocadas também e não são os únicos inteligentes não! Um deles inclusive, ficou em quarta colocação; teve mais três inteligentes antes dele, mais do que os outros e todos esses foram chamados. Não houve a chamada fura-fila, não houve o atravessamento; não houve o favorecimento do filho do prefeito em detrimento dos outros. Entrou conforme foi chamado, conforme a necessidade, conforme a ordem de classificação. Então não existe nenhuma ilegalidade neste sentido... Há um questionamento aqui de que um dos filhos do prefeito que passou para fiscal de tributos só tem o segundo grau. Ora! O edital determina que o requisito mínimo é ter o segundo grau!" - afirmou o Assessor, dizendo inclusive que o trecho final da matéria do jornal trata-se de "pura babação" política.




Da Redação do Mari Fuxico
Com matéria do Jornal Correio da Paraíba

Família de preso morto em rebelião do Róger deve ser indenizada pelo Estado

A família de um ex-presidiário, morto numa rebelião no Presídio do Róger, em João Pessoa, deverá ser indenizada pelo Estado da Paraíba no montante de R$ 32 mil, a título de indenização por dando morais. A decisão é da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. Os magistrados entenderam ainda que o filho menor da vítima deverá receber pensão mensal no valor de um salário mínimo, até a data do seu vigésimo quinto ano de vida. O processo de nº 200.2010.004.722-0/001 tem a relatoria do desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira.

Segundo o relatório, a família da vítima ajuizou Ação de Indenização por Danos Morais com Perdas e Danos, em razão da morte de Marcelo dos Santos, ocorrido em 06 de novembro de 2009, em consequência de ter sido assassinado com queimaduras de 2° e 3º graus, pelos companheiros de cárcere durante uma rebelião de presos no interior do Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, popularmente conhecido como Presídio do Róger.

O Estado da Paraíba alegou que a morte do detento foi causada pela ação exclusiva de outros presos, quando em rebelião no estabelecimento prisional, sem participação de qualquer agente estatal, excluindo sua responsabilidade civil. O apelante afirmou que a revolta dos presidiários tomou proporções incontroláveis, superiores a qualquer ação estatal para impedir o ocorrido.

Para o desembargador-relator, a omissão da Administração Pública, quanto ao seu dever de bem estruturar os serviços onde se encontrava a vítima, é bastante para estabelecer o nexo de casualidade e configurar a responsabilidade do Estado no evento. “Cumpre destacar que o Estado dispõe de mecanismos, dele exigíveis, que são imprescindíveis, inerentes à segurança pública, para evitar o ocorrido no inteiro de uma prisão. Há, no caso, um dever primário e específico de agir nascido da relação especial existente entre Estado e os detentos, que estão sob sua custódia.”




Da Redação com parlamentopb

Prefeitura de Bananeiras abre Concurso; Salários variam de R$ 545,00 a R$ 6 mil

A prefeitura de Bananeiras, cidade situada a 141 Km de João Pessoa, oferece 135 vagas para todos os níveis de escolaridade. Das oportunidades, 69 são imediatas. As remunerações variam entre R$545,00 e R$6 mil e a carga de trabalho é de 40 horas semanais.

As inscrições estão abertas e vão até 11 de novembro. Os candidatos podem comparecer ao Espaço Cultural Oscar de Castro, localizado no Centro da cidade de 8h as 12h ou de 14h as 17h ou acessar o site da exames consultoria, organizadora do concurso, para realizar a inscrição.

Após preencher o formulário de inscrição e imprimir o boleto bancário, o candidato deve comparecer a qualquer agência bancária para efetuar o pagamento. O valor é de R$ 35 para ensino fundamental, R$5 0 para nível médio e R$60 para o superior.

Serão destinadas cinco vagas para portadores de deficiências físicas. Os interessados em concorrer nessa condição devem especificar o grau da deficiência através de requerimento no momento da inscrição e apresentar laudo médico comprobatório.

A prova objetiva acontecerá dia 4 de dezembro.


Serviço

Inscrição presencial: Espaço Cultural Oscar de Castro, Centro, Bananeiras-PB.




Da Redação com portal correio

Cão sobrevive após ser colocado em câmara de gás nos EUA

Um cão que sobreviveu após ser colocado em uma câmara de gás em um abrigo de animais em Florence, no estado do Alabama (EUA), foi levado para Nova Jersey para adoção, segundo reportagem da emissora de TV "NBC New York".

O Beagle chamado "Daniel" e outros cães foram colocados na câmara de gás, pois ninguém havia se interessado em adotá-los. A prática é comum em abrigos de animais, já que muitos deles sofrem com a superlotação.

No entanto, quando um agente voltou ao local, "Daniel" ainda estava vivo. "Todos estavam mortos, exceto Daniel, que estava abanando o rabo", disse Linda Schiller, membro de um grupo que resgatou Daniel e o levou para Nova Jersey. "É um milagre", destacou ela.

Segundo o órgão de controle de animais de Florence, "Daniel" foi colocado na câmara de gás com outros cães para um ciclo programado de 17 minutos. Grasso disse que é bastante incomum que um animal sobreviva.

No entanto ele destacou que é política do abrigo que o cão ganhe uma segunda chance se isso acontecer. "Daniel" foi levado ao veterinário para se certificar de que ele estava bem. Com sua saúde estava boa, o órgão começou a procurar um lar para ele.




Da Redação com g1

Médicos de dois hospitais suspendem cirurgias na Paraíba - Veja quais!

Médicos de dois hospitais localizados em João Pessoa resolveram suspender a realização de cirurgias. No Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), os procedimentos eletivas não serão realizados por mais 20 dias. Já no Hospital Infantil Arlinda Marques, administrado pelo governo estadual, o atendimento será suspenso no dia 1º de novembro.

No caso do HU, as cirurgias estão suspensas desde a tarde da quarta-feira (26). Os médicos argumentam que faltam materiais como bisturi, fio, dreno, aspirador, entre outros. Os funcionários calculam que, a cada dia, deixam de ser feitas em torno de 12 cirurgias de 14 especialidades diferentes. Estão mantidas apenas as cirurgias de urgência e os partos das gestantes de alto risco.

Na sexta-feira (28), os médicos, o diretor do hospital, João Batista, e o reitor Rômulo Polari se reuniram para encontrar uma solução para a falta de material cirúrgico, sucateamento dos equipamentos e problemas estruturais do bloco cirúrgico. De acordo com João Batista, a reforma no bloco será iniciada imediatamente e a aquisição do material necessário será negociada com os fornecedores, para que cheguem ao hospital o mais rápido possível.

“Todos os procedimentos que já estavam agendados serão reprogramados para que os pacientes não sejam prejudicados”, destacou o diretor do hospital. Ele destacou também que foi formada uma comissão com membros do hospital e da reitoria para avaliar os déficits do hospital e propor soluções.

Hospital Arlinda Marques

O contrato entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Cooperativa dos Cirurgiões (Copecir) está vencido desde agosto. Os médicos argumentam que o documento é a segurança mínima que eles têm para o exercício da atividade profissional, embora não garanta direitos como 13º salário, aposentadoria ou férias.

O presidente da cooperativa, José Helman Palitó, informou que 12 cirurgiões pediatras atendem no hospital. Segundo ele, diariamente nove cirurgias eletivas são realizadas. A suspensão das atividades por parte dos cirurgiões prejudica cirurgias agendadas previamente, além das de urgência e de emergência e o acompanhamento de pacientes.

Segundo Helman, foram feitas várias tentativas para renovação do contrato com a Secretaria Estadual de Saúde nos últimos dois meses, mas com dificuldade nas negociações. A reportagem procurou o secretário estadual de Saúde, Waldson de Souza, para falar sobre o assunto, mas apesar das várias tentativas de contato por telefone celular, não obteve êxito.




Da Redação com g1pb

Mega-Sena sorteia R$ 2 milhões neste sábado

A Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 1.332, neste sábado (29). As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em todas as lotéricas do país. Cada jogo custa R$ 2.

Caso apenas um apostador acerte as seis dezenas da Mega-Sena, ele poderá investir na poupança e se aposentar com uma renda de mais de R$ 14 mil por mês. O prêmio também poderá ser suficiente para montar uma frota de 80 carros populares ou 400 motocicletas de 125cc.




Da Redação com g1

Professora é condenada por fazer sexo com cinco alunos nos EUA

Professora é condenada por fazer sexo com cinco alunos

A professora de educação física Stacy Schuler, de 33 anos, foi condenada por um tribunal do condado de Warren, no estado americano de Ohio, por ter feito sexo com cinco adolescentes, muitos deles do time de futebol americano da escola.

O caso ocorreu em 2010, na Mason High School, na cidade de Lebanon, na qual ela lecionava desde 2000. As relações teriam ocorrido na casa dela, em Springboro.

A história foi descoberta no início de 2011, graças a uma denúncia anônima. Em fevereiro, Stacy pediu demissão.

Cinco adolescentes depuseram e relataram que a professora tomava a iniciativa nos encontros, geralmente embalada por bebida alcoolica.

Outros ex-alunos, por sua vez, defenderam a professora, dizendo que ela apoiava os estudantes e sabia respeitar limites.

A defesa havia alegado insanidade, afirmando que ela tinha problemas psicológicos e não se lembrava dos incidentes. Os advogados argumentaram que os adolescentes teriam se aproveitado da professora.

Mas o juiz rejeitou a versão, e Stacy pode pegar décadas de cadeia quando sentenciada.




Da Redação com g1

Justiça dá prazo até segunda-feira para Inep se manifestar sobre o Enem

A Justiça Federal no Ceará, por meio do juiz federal Luiz Praxedes Vieira, determinou um prazo de 72 horas para que o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação responsável pela organização do Exame Nacional do Ensino Médio se manifeste a respeito da antecipação de questões do Enem por uma escola de Fortaleza.

O Inep havia pedido um prazo de 10 dias para se manifestar “tendo em vista a complexidade do assunto”, o que foi negado pelo juiz federal. “O prazo assinalado correrá minuto a minuto da hora do recebimento da intimação”, afirma o juiz. O instituto terá até 10h48 (horário de Fortaleza) de segunda-feira (31).

O Ministério Público Federal do Ceará entrou com ação na Justiça Federal pedindo a anulação total da prova ou a anulação de 14 questões antecipadas pelo Colégio Christus, de Fortaleza. De acordo com o procurador da República no Ceará Oscar Costa Filho, estas são as únicas formas de manter a isonomia do concurso entre todos os candidatos do Brasil.

Nesta sexta-feira (28), a Defensoria Pública da União também pediu a anulação de 14 questões antecipadas em 10 dias pelo Christus.

Vazamento
Na quinta-feira (27), o Ministério da Educação confirmou que as questões do Enem que vazaram estavam no pré-teste aplicado no Colégio Christus, em Fortaleza, em outubro de 2010. Ainda nesta quinta, o ministro da Educação Fernando Haddad disse que o governo tem a convicção de que dois dos 36 cadernos de pré-testes do Enem foram reproduzidos e distribuídos aos alunos pelos professores do Colégio Christus, em Fortaleza.

"Os professores recomendavam aos próprios estudantes a não divulgação desses cadernos, porque as questões ali contidas, provavelmente algumas delas cairiam na prova", afirma Haddad.

A direção do colégio não quis se manifestar sobre as declarações do ministro, na ocasião.

Por conta do problema, o MEC decidiu reaplicar a prova aos 639 alunos do Christus nos dias 28 e 29 de novembro, quando os presidiários e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas privados de liberdade também fazem o exame.




Da Redação com g1

Governo do Estado abre concurso para Professor; Confira vagas e área de atuação

Governo do Estado abre concurso para ProfessorO Governo da Paraíba abrirá a partir do dia 7 de novembro inscrições para concurso público com oferta de 1.040 vagas para o cargo de Professor da Educação Básica 3 da carreira do Magistério Estadual.

Os candidatos poderão se inscrever até o dia 11 de dezembro de 2011 exclusivamente por meio da internet no endereço eletrônico www.faperp.org.br. A remuneração inicial para o cargo de professor é de R$ 1.111,40. A carga horária de trabalho será de trinta horas semanais.

Por meio dos links referentes ao processo o candidato deve preencher a ficha de inscrição, transmitir os dados pela internet, imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento no valor de R$ 70,00 (setenta reais) até o dia 12 de dezembro em qualquer agência bancária ou nas casas lotéricas.

As 1.040 vagas estão assim distribuídas: matemática (303), Língua Portuguesa (282), Língua Inglesa (96), Artes (27), História (52), Geografia (52), Biologia (57), Química (43), Física (59), e Educação Física 69 vagas. O pré-requisito é comprovar a Licenciatura Plena nas referidas disciplinas. O concurso terá duas fases: provas objetivas e avaliação de títulos. As provas terão duração de três horas e terão como conteúdo legislação básica, orientações curriculares, conhecimentos pedagógicos, língua portuguesa, fundamentos da educação/prática docente. As provas objetivas estão previstas para o dia 8 de janeiro de 2012. A avaliação de títulos tem caráter classificatório e, portanto, não elimina do concurso os candidatos que não apresentarem títulos. O concurso público terá validade de seis meses, prorrogável uma vez por igual período, a critério a administração pública estadual.

O edital do concurso público está publicado no Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira 28 de outubro e disponível também nos endereços eletrônicos http://www.paraiba.pb.gov.br e http://www.see.pb.gov.br. O concurso vai ser realizado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto – Faperp. O regime jurídico para os candidatos classificados no concurso será o Estatutário, de acordo com as normas estabelecidas no Estatuto do Servidor Público do Estado da Paraíba.

O certame será realizado por município. O candidato concorrerá ao cargo/disciplina/município da vaga para o qual se inscrever. As provas serão realizadas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras. A partir do dia 16 de dezembro o candidato poderá conferir, no sítio da Faperp, a homologação de sua inscrição. Esclarecimentos poderão se obtidos pelo telefone (17), 3211-1080 ou no endereço www.faperp.org/chat, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 8h às 18 horas. O concurso reserva 5% das vagas oferecidas para cada município às pessoas com deficiência.




Da Redação com Secom-PB

Cinquenta agências dos correios já foram assaltadas este ano na Paraíba

Cinquenta agências dos correios já foram assaltadas este ano na ParaíbaMais duas agências dos Correios na Paraíba foram assaltadas nessa sexta-feira (28). Com esses assaltos sobre para 50 o número de estabelecimentos assaltados no estado em 2011. Na cidade de Areial, localizada no Agreste paraibano distante 155 km de João Pessoa, dois homens armados chegaram na agência e roubaram todo o dinheiro que estava no local. De acordo com o sargento Jocélio da Central de Operações da Polícia Militar da Paraíba (Copom), os assaltantes fugiram em uma moto em direção à zona rural. Até às 13h30 ninguém havia sido preso. Essa é a segunda vez que esta agência é assaltada só neste ano.

Já na cidade de Itapororoca, litoral paraibano e que fica a 62 km da capital, quatro homens armados entraram na agência dos Correios por volta das 8h. Segundo o cabo Mário da 2ª Cia de Mamanguape, os assaltantes fugiram em duas motos em direção à cidade de Cuité de Mamanguape. Ainda de acordo com o cabo o que dificulta a prisão é o fato de que existem várias saídas e estradas de barro no local. Assim como em Areial, ninguém foi preso.

Na terça-feira (25) a agência dos Correios da cidade de Lagoa Seca foi assaltada. Na semana passada, foram assaltadas agências em Remígio e Puxinanã. O Agreste é a região que mais concentra ocorrências nos Correios.

Veja a lista abaixo:

Agreste
Araçagi (2 vezes)
Alcantil
Arara
Bananeiras
Distrito de São José da Mata (Campina Grande) (3 vezes)
Montadas (2 vezes)
Areial (2 vezes, a mais recente foi nesta sexta-feira (28))
Esperança
Gurinhém
Pilõezinhos
Lagoa de Dentro
Puxinanã (2 vezes)
Curral de Cima
Remígio
Lagoa Seca

Litoral
Cuité de Mamanguape
Cabedelo
Mulungu
Baía da Traição (3 vezes)
Santa Rita (2 vezes)
Mataraca
Lucena
Itapororoca (um dos últimos casos registrados)

Cariri
São Sebastião de Umbuzeiro (2 vezes)
Barra de São Miguel (3 vezes)
Camalaú
São Domingos do Cariri (2 vezes)
Passagem
Umbuzeiro (2 vezes)
Livramento

Sertão
Maturéia
Santa Terezinha
Bom Sucesso
Pedra Lavrada
São José de Piranhas
São Francisco




Da Redação com g1pb

CENSURA: Prefeita de Itabaiana chama ouvinte de bandido, e diretora da rádio nega direito de resposta

http://4.bp.blogspot.com/-5FfbugtohPo/TqszRv1y5BI/AAAAAAAABtA/pP_N7jXaE9s/s1600/bom.jpg

Entenda o caso:

Quinta feira (27/10/2011) no programa correio da manhã (rádio Itabaiana FM) a prefeita estava sendo entrevistada, quando o ouvinte Luiz telefonou e criticou sua administração

Foi o bastante para a prefeita começa a denegri a imagem de outro cidadão, conhecido por Gildo, o chamando de bandido, cabra safado, e outras palavras de baixo nível.

No inicio deste mês a prefeita ligou para o mesmo programa, e chamou de bandidos, outros ouvintes que ligavam e faziam criticas a sua administração. Em nenhum momento foi pedido à prefeita, que respeitasse pelo menos os ouvintes das cidades vizinhas.

Direito de resposta:

Gildo ainda conseguiu falar com a diretora da Rádio Correio Itabaiana FM conhecida por Vanusa, mas a mesma se negou a dá o direito de resposta, e não informou aos ouvintes que um cidadão estava sendo denegrido pela prefeita, sem motivo algum.

Hoje pela manhã, a diretora da rádio proibiu que houvesse ligações para o programa correio da manhã.

Foi preciso Gildo pedir ao Diretor de Jornalismo do Sistema Correio, Eduardo Carneiro, seu direito de resposta.

Gildo gravou na rádio seu direito de resposta, que teve trechos cortados (censurado) quando foi ao ar.




Fonte: Blog Itabaiana Hoje
Parceiro do Blog Mari Fuxico

Sarney: "...se houve crime para mim, houve para todo o mundo" - Por Mirna Cavalcanti

"Todos contratavam parentes". Esta frase foi dita pelo presidente do Senado da República Federativa do Brasil e Senhor Feudal do Maranhão, Amapá e aderredores. Disse-a como para desculpar-se ou por ser o nepotismo algo comum, normal, hábito mesmo entre os dignos representantes do povo?... Troca de compadres... algo como: "Eu contrato a tua filha e tu contratas a minha sobrinha"...

"Faremos por ato secreto, não sai no Diário Oficial, o povo não fica sabendo e o nepotismo - que sabemos ser proibido - fica só entre nós...". O que escrevi acima, certamente não necessitava de toda esta explicação, vez que o hábito está tão arraigado que é só telefonar para esse ou aquele, que logo o parente, agregado (até namorado!) ou lá o que seja, será contratado (foi o que ocorreu com a recente "feliz aquisição do Senado", que deve dele estar "orgulhoso".

"Se houve crime para mim, houve para todo o mundo", li nos jornais hoje... Nesse caso, se é isso mesmo que ocorre - o velho senador está certo. E aí, como fica? Será que a Comissão de Ética é composta também por senadores "criminosos"? Se assim for, como podem pertencer à Comissão de Ética? Há ética naquele Senado?

Sarney quer fazer-nos crer que é correto agir como agiu. Inútil. Por melhor que seja seu advogado, ele é apenas advogado, não um santo ou milagreiro. Fazer parecer legal o ilegal, impossível. Tanto a Polícia Federal, o Ministério Público, quanto o Juiz de Sanctis, agiram estritamente dentro dos limites da lei. Li as declarações do advogado pelos Sarneys constituído e, logo trouxe ele as gravações telefônicas à bália...

Escrevera eu que o colega iria tentar de todas as formas invalidar não só as gravações, como tudo o mais que pudesse servir de prova contra seu cliente. É trabalho dele, como advogado. Ainda mais que se trata de "dar nó em pingo d’água"... Acontece que hoje mesmo o ministro da Justiça, Tarso Genro não só declarou terem sido as gravações efetuadas com Ordem Judicial, como não foi a Polícia Federal que deixou as mesmas "vazarem". Disse ainda mais: que hoje em dia nem se presta muita atenção para esse detalhe "segredo de Justiça"...

Aduzo: é mais considerado em causas de família em geral. Prestem atenção, por favor. Não escrevi "FAMIGLIA"... É óbvio que para quem queria obtê-las não foi difícil, pois o Brasil inteiro está com os olhos bem abertos para tudo ver e querer saber. Atente-se para o fato de Sarney ser um homem público com uma "biografia que o diferencia dos demais", nas palavras de Lula e, também nas palavras de Lula, (entre tantas outras para tentar minorar as ações dolosas de seu aliado) "é preciso saber que não matou"... Quer dizer que comete crime só quem mata? Quer dizer que só por ter sido Presidente do Brasil e, agora pela terceira vez presidente do Senado, ele, Sarney, tem que ser tratado "diferente"? Onde há isonomia? Onde?...

Ou, ao contrário, tudo são agravantes e necessário se faz aprofundarem-se as investigações para que se saiba quem são os "todos" aos quais Sarney se referiu.
Senador Sarney, é por demais perigoso generalizar, pois pessoas inocentes podem ter seus nomes enxovalhados sem que o mereçam.

Aliados! Atenção! Sarney acusou-lhes de terem o mesmo comportamento que ele... são, então, criminosos! Ficarão calados ou defender-se-ão? Se agem todos assim, conforme afirmara Sarney, há que considerar-se acima e além, o fato de que ele, Sarney, é presidente daquela casa e se sabia que "os outros contratavam", cabia-lhe, como presidente, dar exemplo correto e não cerrar os olhos para o que "os outros" estivessem fazendo. Mas como poderia ele não ver se ele era também uma das peças do tabuleiro?

Podemos pensar que levou os seus "60 anos de via pública" desrespeitando a lei para obter todas as vantagens que estivessem ao seu alcance para si, os seus, e tantos quantos pudessem trazer-lhe vantagens...

Quanto mais a imprensa busca, mais ela encontra. Decobriu que até que a neta (a que havia pedido emprego para o namorado), também lá trabalhou em especialidade de diplomata quando ainda estava cursando a faculdade. E ainda, viajou pelo mundo à custa do Erário. Mais uma novidade igorada por José Ribamar Sarney?

Um parêntese que finalizará a matéria de hoje. A mulher do governador do Ceará também deu seu "girinho" (e não foi o primeiro. Lembram da "farra" de 2008?). Desta vez, foi com acompanhante até o Egito (Cairo) e a Portugal. Viajou ela de primeira classe (cujo valor da passagem custa praticamente o dobro) e a fiel escudeira, na classe comum. A desculpa do governo cearense foi a de que estava "representando o marido e a convite de Organizações". Ocorre que há decreto estadual de 2002 que veda a concessão de diárias ao servidor ou autoridade que viaje a convite de organização ou entidade privada, "salvo" em caso de relevante serviço público.

Vem-me à lembrança o seguinte "jeux des mots" (*) do antigo ministro da Justiça, Jarbas Passarinho, amigo de longa data. Disse-me ele: "quando os legisladores colocam "salvo" em qualquer lei, geralmente não "salva" nada nem a ninguém." É o caso. A "governadora" e sua dama foram passear e a desculpa é os "salvo", pois a missão daquela dama a "salvou"...tinha o "salvo" na lei mencionada acima. Este parêntese é longo, mas é para mostrar o que os leitores já estão fartos de saber, portanto poderia ser expletivo. Mas, não é...

Está sendo difícil conter minha indignação. Esses maus políticos usam o dinheiro público como se deles fôsse. Li que "só com passagens foram gastos R$ 21 mil. Acontece que somei e deu R$ 33.083 mil. Algo está errado aí. Ainda há que computar os R$ 2.900 mil de diárias (7 dias) e ajuda de custo para a ilustre dama quando da viagem a Portugal. Vai ver que a diferença ocorreu porque somei as duas viagens. Bem, o fato é que saíram dos cofres do Estado R$ 53.383 mil. Isso no Ceará. Será que nos "outros" Estados da federação isso também acontece?

É mais do que chegada a hora de fazer, sim, renascer os Princípios todos que têm sido relegados há muitos anos e pela maioria dos políticos deste nosso país. Não importa a qual partido pertençam. Amanhã, certamente, teremos mais um "capítulo" da novela "José Ribamar Sarney, Senhor Feudal do Maranhão, Amapá e aderredores"...

Como terminará a novela?

(*) jogo de palavras


Por Mirna Cavalcanti de Albuquerque
Wiki Repórter do Jornal do Brasil

Chefe da guarda municipal de João Pessoa é assassinado a tiros

O chefe da guarda municipal de João Pessoa, identificado até agora por “Edrísio” foi assassinado a tiros na manhã deste sábado (29) no bairro do Roger, em João Pessoa.

De acordo com a primeiras investigações, o homem caminhava em frente a casa Pequeno Davi, quando foi surpreendido por dois homens de moto que já chegaram atirando.

“Edrísio” foi alvejado com vários disparos e morreu no local.



Da Redação com Paulo Cosme

Leia entrevista de Jô Soares na 'Época': "Chega de controle politicamente correto"

O comediante mais bem-sucedido do Brasil defende o humor escrachado, diz que o stand-up é velho e se afirma “escritor anarquista”

Jô Soares tornou-se nos últimos 22 anos o maior entrevistador da televisão brasileira. Na semana passada, ele inverteu os papéis e recebeu ÉPOCA em seu apartamento em São Paulo para uma entrevista. Mesmo com o compromisso diário de comandar o Programa do Jô, na TV Globo, o artista de 73 anos tem mantido a versatilidade. Além de dirigir uma peça de teatro, O libertino, lança nesta semana seu quarto romance histórico policial: As esganadas (Companhia das Letras). A história trata de um dono de funerária que mata gordas para aplacar o ódio que teve pela mãe opressora, também gorda. Passa-se no Rio de Janeiro, em 1938. Nesta entrevista, descobre-se um Jô anárquico, cansado da patrulha da correção política e da censura ao humor.

http://1.bp.blogspot.com/-Yla7tWvY4NE/Tqr4T6dhZSI/AAAAAAAATiY/kuXhjLusMJM/s1600/Jo-Soares.jpg
VERSÁTIL: O comediante e apresentador de televisão Jô Soares em São Paulo. Ele está lançando o quarto romance policial de humor de sua carreira, As esganadas (Foto: J.R. Duran)


ÉPOCA – O senhor escreveu um livro sobre um assassino que persegue e mata gordas no Rio de Janeiro da década de 1930. O que o senhor conta a seus leitores além de uma instigante trama policial?
Jô Soares – É o registro do Rio de Janeiro em 1938, Capital da República, dentro de uma ditadura, com as garras do poder sempre presentes e com um delegado absolutamente contra isso, um verdadeiro anarquista. É fundamentalmente um livro de humor, apesar de o assunto ser o mais gótico possível. O humor permite isso. É um livro politicamente incorreto. Chega desse controle politicamente correto. Meu livro é uma posição anarquista diante de qualquer poder. Com muita graça e com muito sangue.

ÉPOCA – Muito se fala sobre os limites do humor. Recentemente, o comediante Rafinha Bastos foi tirado do ar no programa CQC por ter feito piada com uma cantora grávida, dizendo que “comeria ela e o bebê”. Se fizer rir, todo assunto pode virar piada?
Jô – Acho que o humor não tem limite, mas a grosseria tem. Se for engraçado, o humor está perdoado. Ninguém pode se censurar. O (comediante americano) Jerry Lewis entrou em declínio muito antes do tempo porque ele não admitia mulheres nuas no filme dele, nem no filme que passasse antes ou depois do dele em sessões duplas. Ele também não admitia palavrões. Sem querer, você começa a ficar reacionário fazendo isso. Não pode existir um critério sobre o que é permitido e o que não é permitido no humor. Quem vai identificar o que é ou não humor? Só não é permitido quando não tem graça, porque deixa de ser humor. Da grosseria não se ri.

ÉPOCA – Mas o limite entre o humor e a grosseria é muito tênue.
Jô – Já vi muitos comediantes americanos que vão ao limite, mas ao limite do engraçado. Há uma comediante americana negra chamada Wanda Sykes que vai ao extremo. Ela é negra e lésbica, casada com uma francesa branca. Ela sacaneia o tempo inteiro o politicamente correto, acha um absurdo. Nos Estados Unidos, os negros são chamados de african americans, e aqui no Brasil já está começando o papo do afrodescendente. Sou um dos maiores combatentes de qualquer forma de preconceito, inclusive do racismo. Mas acho que não se ofende a raça negra se você chama alguém de negro. Se for como um insulto, qualquer palavra é ofensiva. O (comediante negro) Marcelo Marrom brinca muito com isso. “Agora eu não como mais o chocolate Diamante Negro, e sim o ‘Diamante Afrodescendente’”, ele diz em seu show. Essa é a melhor forma de combater o racismo e o preconceito em geral. Não é mudando nomes que se acaba com isso.

ÉPOCA – O senhor já teve algum problema com uma piada sua mal interpretada?
Jô – Uma vez imitei o papa João Paulo II quando ele já estava cansadinho. Fazia ele dormindo, falando do coelhinho da Páscoa. Num dia, um casal se levantou e foi embora. Isso é uma confusão. Não estava ofendendo um cargo, estava brincando com uma pessoa, um ser humano como nós todos. Hoje já não faria a mesma coisa, porque ele agora é santo (risos).

ÉPOCA – Com tantos jovens comediantes fazendo sucesso com stand-ups e espetáculos de improviso, enchendo os teatros com um público novo e um humor mais escrachado, o senhor teme ficar ultrapassado e não ouvir mais risadas?
Jô – Não. O importante é que o humor seja engraçado. E acho que o meu é. Em meu programa, só trabalho com plateia, e é uma plateia basicamente de estudantes, de jovens. Eles são envolvidos da mesma forma. O humor não muda. Os temas é que mudam. Falo coisas hoje que não falaria no passado, porque o próprio linguajar não seria permitido. A gente foi conquistando isso na profissão. Assistir ou não a um programa é uma escolha pessoal. Não existe como avaliar isso. Só é preciso cuidado para não resvalar na grossura. Você pode ofender uma pessoa fazendo graça, sem dar motivo para revide. Quando existe graça, é porque a pessoa em questão realmente agiu da forma retratada. Durante muito tempo se fez piada com o (político Paulo) Maluf, e não houve nenhum tipo de resposta. Mas, se você chega gratuitamente e diz “esse é um filho da p***”, qual é a graça?

ÉPOCA – O senhor percebe inovação nessa nova geração de comediantes brasileiros?
Jô – Comédia stand-up é uma coisa que faço, o Chico (Anysio) faz, o José Vasconcellos fazia. Estranhei que tenha chegado tão tarde ao Brasil. O que diferencia os espetáculos de hoje é que se faz um espetáculo com dez, 15 stand-ups, e a variedade é grande. Vi o (show de humor) Terça insana e percebi que três dos atores eram geniais. Foram os que sobressaíram no grupo. Como em qualquer outra atividade, tem gente ótima, medíocre, ruim e muito ruim. Isso surgiu nos clubes americanos, onde o cara não é pago e vai falar seu texto. Eles acabam selecionando os melhores.

ÉPOCA – Quem são os melhores dessa nova geração?
Jô – Um dos meninos do Terça insana, Marcelo Médici, levei a meu programa porque achei genial. Ele diz que estourou em meu programa, mas estourou porque é genial. Fiz uma festa dos meus dez anos de TV Globo e levei só novos humoristas. Estavam lá Bruno Mazzeo, Marcelo Adnet, Dadá Coelho, Leandro Hassum... Eles são maravilhosos. O Marcelo Marrom e o pessoal todo do (grupo de humor) Deznecessários também são ótimos.

ÉPOCA – Muitos artistas caem no ostracismo por se repetir. O senhor decidiu ter um programa de entrevistas e passou a escrever romances. Foram movimentos planejados para garantir a longevidade?
Jô – Não planejo nada. A única coisa importante que mudei em minha carreira foi decidir que precisava fazer um programa de entrevistas. Eu queria, por achar que era do meu feitio, e tive a oportunidade. Planejar? Não. Atribuo a longevidade artística a minha idade (risos). Você não pode medir talento ou criatividade pela idade física. Senão o (arquiteto) Oscar Niemeyer, tadinho...

ÉPOCA – Em seu livro, na primeira reportagem sobre os assassinatos de gordas, o senhor escreve que “existe um preconceito velado sobre a obesidade”. A zombaria já o machucou alguma vez, talvez na infância, no colégio?
Jô – Não. É curioso: nunca tive nem apelido relacionado à gordura. Geralmente, acontece com o menino gordo no colégio. Talvez não tenha acontecido porque sempre fiz muita questão de sobressair pelo lado do humor, pela esperteza. O gordo geralmente é associado a um bundão ou a um bonachão. Acho que o (Hermann) Göring (líder nazista) desmente isso, porque era um gordo filho da p*** (risos). Em cidades pequenas, às vezes, quando eu era adolescente, as pessoas apontavam e riam de mim, porque não tinha gordo na cidade e era como se chegasse um anão. O gordo e o anão se identificam, porque o mundo não foi feito para eles. O anão não alcança – e o gordo entala.




Da Redação do Mari Fuxico com a Revista Época

Ex-Presidente Lula é diagnosticado com tumor na laringe - Confira detalhes

SÃO PAULO. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi diagnosticado com tumor na laringe, segundo boletim médico divulgado na manhã deste sábado pelo Hospital Sírio-Libanês. Lula terá de fazer tratamento com sessões de quimioterapia. A doença foi confirmada após avaliação multidisciplinar.

Ainda segundo boletim, Lula encontra-se bem e deverá realizaro tratamento em caráter ambulatorial. A equipe médica que o acompanha é formada por Roberto Kalil, Paulo Hoff, Artur Katz, luiz Paulo Kowalski, Giberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.

Abaixo, íntegra do boletim:

"O ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe. Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial. A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto".




Da Redação com o globo

Homem é flagrado fotografando por baixo da saia de mulheres e se dá mau

James Allen Risi foi flagrado fotografando por baixo da saia de mulheres. (Foto: Reprodução/Orlando Sentinel)

O norte-americano James Allen Risi, de 30 anos, foi flagrado pelas câmeras de segurança usando um celular para fotografar por baixo da saia de mulheres em um supermercado em Holly Hill, no estado da Flórida (EUA), segundo reportagem do jornal "Orlando Sentinel".

Depois da divulgação de imagens das câmeras de segurança da loja, a polícia recebeu um telefonema anônimo na quarta-feira sobre um homem que tinha as características do suspeito. Ao ser interrogado pela polícia, Risi admitiu que usou o celular para tirar as fotos.




Da Redação com g1

Homem é morto em João Pessoa após testemunhar assassinato

O fim de semana começou violento na região metropolitana de João Pessoa. Até o início da manhã deste sábado (29) foram registrados três assassinatos. O primeiro caso foi registrado no bairro Cristo Redentor, na capital. A Polícia Civil investiga se Rogério Luiz Bezerra dos Santos, 29 anos, foi morto por ter testemunhado um outro assassinato há cerca de uma semana. De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o homem foi assassinado quando saía de um bar. Ele já havia sido preso por porte ilegal de arma.

A segunda morte aconteceu por volta das 4h20, no Centro da cidade de Cruz do Espírito Santo, situada na Zona da Mata paraibana. Luiz Carlos Florêncio da Silva, 26 anos, foi morto com três tiros. Conforme a Polícia Militar, ele foi abordado por seis homens. Um deles iniciou uma discussão e acabou atirando na vítima. Os homens fugiram em uma pick-up e em quatro motos. A família da vítima disse que o motivo do crime pode ter sido uma confusão em que a vítima se envolveu em outra semana com os suspeitos.

No começo da manhã deste sábado, um corpo foi encontrado próximo ao bairro do Funcionários IV, na capital. Conforme a PM, foi usado um objeto cortante para desfigurar o rosto da vítima. Até o momento o corpo não foi identificado. Nenhum suspeito de envolvimento nos três crimes foi encontrado.




Da Redação com g1pb

Estudantes xingam e agridem colega por causa da cor da pele e devem ser punidas

Uma estudante de 15 anos de uma escola pública foi agredida pelas colegas por causa cor da pele em Curitiba, no Paraná. Segundo a menina, ela era xingada e discriminada no colégio por alunos de várias turmas. Este semana, ela precisou mudar de escola, porque foi vítima também de agressão física - sendo agredida a socos e pontapés no banheiro, durante o intervalo das aulas. Ela saiu com o nariz sangrando e foi para casa sob ameaça, segundo informações do Jornal Nacional.

As alunas usaram uma rede social para contar sobre a agressão e voltar a xingar a ex-colega, chamando-a de macaca. Ao ver as mensagens, a mãe da jovem procurou a polícia. As agressoras responderão por ato infracional e podem ser punidas com prestação de serviço comunitário, segundo a delegada Luciane de Novaes. A mãe da menina disse que é preciso haver alguma punição, para que a situação não volte a se repetir com outras crianças.




Da Redação com JB
*Foto apenas ilustrativa

Luciano diz que PT pode vencer eleição em João Pessoa se parar de brigar internamente

Luciano diz que PT pode vencer eleição em João Pessoa se parar de brigar internamente“Se o PT parar de brigar na Paraíba, poderá governar João Pessoa”. A advertência é do deputado estadual do PT, Luciano Cartaxo, pré-candidato do partido a prefeitura da Capital paraibana, em resposta ao presidente do Sabrae e ex-vereador pelo PT, Júlio Rafael.

Luciano, que se apresenta como pré-candidato e defensor de candidatura própria em todas as cidades onde o PT tiver nomes para lançar na disputa, disse que Júlio deveria se preocupar a administração do Sabrae e não levar as diferenças existentes dentro do PT para a mídia.

Ele afirmou que levar as divergências internas para a mídia não ajuda o partido e só fortalece os adversários. Cartaxo declarou que a militância deveria estar preocupada em discutir propostas para a elaboração de um programa administrativo para a cidade, debatendo e colhendo sugestões que um futuro programa de governo.

O deputado advertiu que as questões internas devem ser tratadas de forma revervada em nada vai ajudar o PT. Ele defendeu a unidade partidária e sobre quem tem votos na convenção, disse que é preciso deixar a época certa chegar para mostrar quem tem ou não razão.

Sobre as pesquisas que foram divulgadas recentemente quando ela aparece com cinco por cento das intenções de voto, revelou que tomou uma decisão, a de só comentar pesquisas no período eleitoral, revelando que o partido tem pesquisas de consumo interno.

Na opinião dele, o eleitor pessoense quer mudanças na cidade e isso já possível se constatar, tanto pelos números das pesquisas como pela opinião das pessoas nas ruas.




Da Redação com Jonas Batista

Justin Bieber é eleito o pior artista pop da história

O semanário inglês "NME" elegeu Justin Bieber como o pior artista pop da história. Os Black Eyed Peas ficaram em segundo, seguidos de Peter Andre com o bronze.

A ideia para a lista veio após o anúncio da separação da boy-band Westlife, eleita o 20º pior grupo da história.

Segundo a revista, Bieber é uma arma do rapper Usher para dominar o planeta e "transformar todo o mundo em zumbis com cérebro de uma menina de 12 anos". "Parem antes que seja tarde demais", pede.

A lista ainda inclui artistas obscuros, como o grupo Fast Food Rockers e as meninas do Vanilla, além de várias boy-bands, caso do A1 e do One True Voice.

É claro que Rebecca Black não ficou de fora dessa farra, "conquistando" a 16ª posição. O rapper Vanilla Ice ficou em 19º.

Veja a lista completa aqui




Da Redação com Folha

Disk-denúncia pelo 197 funcionará 24h na Paraíba


O aumento no número de denúncias anônimas pelo Disk Denúncia (197) fez com que a Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) ampliasse o horário de atendimento do serviço, que, a partir da próxima segunda-feira (31), vai funcionar por 24 horas.

A expectativa é que o número de denúncias aumente ainda mais. "A população tem colaborado com a polícia e confiado na eficiência do Disk Denúncia. Só este ano, cerca de 80 prisões foram realizadas com base nas informações repassadas de forma sigilosa pela população. Por isso, vamos ampliar o atendimento”, afirmou o secretário Cláudio Lima.

Chamadas dobraram este ano

Segundo o gerente operacional do 197, João Micena, de janeiro até 26 de outubro deste ano foram registradas 2.120 denúncias.

O número é o dobro do total de registros durante todo o ano de 2010 (1.060). Setembro foi o mês com maior número de denúncias, totalizando 512. "Essa medida visa adequar o funcionamento do Disk Denúncia, atendendo às necessidades da população em todo o Estado e contribuindo para o aumento das prisões e a redução da criminalidade. A ampliação do atendimento vai permitir, ainda, um trabalho direto com as delegacias especializadas que funcionam 24 horas”, explicou João Micena.

A ligação para o 197 é gratuita e pode ser feita de celular ou telefone convencional, de qualquer lugar do Estado. O denunciante também não precisa se identificar. Os crimes mais denunciados pela população são o tráfico de drogas e homicídios. O tráfico de entorpecentes concentra 58% do total de denúncias, enquanto os homicídios representam 17%, em todo o Estado. Roubos e furtos somam 7%; jogos de azar 3%; foragidos 3%; outros crimes 12%.



Da Redação com Ascom

Programas Sociais (Bolsa Escola, Bolsa Família) – Acabar, Ampliar ou Reformar?

O Governo Federal, objetivando diminuir a miséria existente no país, criou há alguns anos atrás, os programas sociais, como o Bolsa Escola e o Bolsa Família. Esses programas, contribuíram para melhorar a renda do brasileiro e, consequentemente, houve uma melhora na qualidade de vida.

Porém, há muitos questionamentos acerca desses programas. Um deles refere-se aos investimentos que o governo destina, pois milhares de famílias recebem esse benefício sem precisar fazer nenhum esforço, ajudando a aumentar o número de pessoas ociosas no país. Há também casos em que os beneficiados usam o dinheiro para consumir bebidas ou cigarros, além da corrupção existente, onde pessoas que não necessitam desses benefícos, estão inscritas pela força da política.

Porém, é necessário fazer algumas modificações. No Bolsa Escola, para ter direito, o aluno necessita apenas frequentar a escola, quando o certo deveria haver critérios mais rigorosos. Há muitos alunos que vão para as aulas sem nenhum interesse e acabam se tornando um verdadeiro terror para os professores, alunos e funcionários da escola. Se houvesse uma regra rígida, como por exemplo, o aluno que tiver nota baixa ou comportamento inadequado em sala de aula, o mesmo deveria ser excluído do programa, pois assim, haveria um maior esforço dos alunos e melhoraria o nível de escolaridade do país.

Apesar desses contratempos, os programas sociais contribuíram para mudar a toda a estrutura das pequenas e médias cidades interioranas. Hoje, nas cidades, o comércio está mais equipado. Pequenos mercadinhos já estão automatizados, há uma maior diversidade de mercadorias, coisa que há alguns anos atrás era impossível de acontecer. São esses os principais fatores positivos dos programas sociais, contribuindo para gerar emprego e renda, mesmo para aqueles que não recebem esses benefícios.


Por Professor Marciano Dantas
Natal/RN

Elogios não merecidos podem prejudicar a autoestima das crianças - diz estudo

Segundo um novo estudo, elogios imerecidos podem levar a distúrbios psicológicos.

A visão excessivamente positiva, mas distorcida, das realizações de alguém pode evitar que ele experimente o desânimo.

Porém, o preço disso pode ser mais ansiedade sobre se os outros vão descobrir a verdade. Além disso, se uma pessoa pensa que está fazendo um trabalho bom, não há espaço para melhorias.

Os pesquisadores realizaram quatro estudos que incluíram 295 estudantes universitários americanos com uma idade média de 19 anos, e 2.780 estudantes de Hong Kong, da 7ª a 12ª séries.

Os participantes foram separados em quatro grupos, com três grupos dos EUA e um grupo de Hong Kong.

Nos dois primeiros experimentos, o grupo de Hong Kong e um dos grupos de EUA completaram testes acadêmicos. Em seguida, eles avaliaram quão bem eles foram e compararam seus desempenhos com o de outros estudantes de suas escolas.

Depois de suas avaliações, os participantes responderam a um questionário que é amplamente utilizado para medir sintomas de depressão.

Nos dois outros experimentos, o restante dos alunos de graduação dos EUA também completou testes acadêmicos. Mas desta vez, os indivíduos receberam um feedback “enganoso”, com participantes que foram bem pensando que foram mal, e vice-versa.

Grupos de controle receberam suas notas sem feedback.

De acordo com os resultados dos quatro estudos, os estudantes que classificaram seu próprio desempenho como muito maior do que realmente era eram significativamente mais propensos a sentir-se depressivos do que aqueles que tinham avaliado o seu desempenho com mais precisão.

“Estes resultados desafiam a noção popular de que autoaperfeiçoamento e fornecer feedback positivo mesmo para desempenhos fracos são benéficos para a saúde emocional”, disseram os pesquisadores. “Em vez disso, as descobertas reforçam os benefícios emocionais da exata autoavaliação e feedback de desempenho”.

Os pesquisadores dizem que os resultados refletem a maneira com que os pais e professores interagem com as crianças. Por exemplo, os professores que estão motivados a proteger a autoestima de seus alunos podem relutar em fornecer feedback negativo, que seria um feedback de precisão de baixo desempenho.

Muitos pais também se sentem compelidos a fazer com que as suas crianças se sintam bem consigo mesmas, louvando suas habilidades. Da mesma forma, sob a influência do movimento da autoestima, os professores muitas vezes são pressionados a fornecer feedback positivo infundado sobre o desempenho de seus alunos.

No entanto, autoanulação pode ser tão ruim quanto autoaperfeiçoamento. Os estudos mostraram que os indivíduos que avaliaram seu desempenho como muito menor do que realmente era também apresentaram níveis mais elevados de depressão.

Pesquisas anteriores sugeriram que pessoas que subestimam suas habilidades tendem a ser deprimidas e terebaixa autoestima.

“Os indivíduos com desempenho relativamente alto seriam menos deprimidos se reconhecessem seus pontos fortes, do que se esperassem autoavaliações negativas”, explicaram os pesquisadores.




Da Redação com LiveScience

O conteúdo deste Blog é protegido. A cópia do conteúdo está autorizada desde que seja citada a fonte. O Plágio é crime e está previsto na lei N° 9610 sobre direitos autorais.